Ser campeão paulista para um time como o Ituano é muito mais do que ganhar uma Copa. Uma Copa nunca é ganha por um azarão. Pense nos campeões do mundo: qual deles era uma surpresa? Pois é. Todos que ganharam eram pesos pesados nas suas épocas. O Ituano não é. Venceu um torneio que é desvalorizado, que atualmente não tem o mesmo peso de 15 ou 20 anos atrás, mas isso só do ponto de vista dos times grandes. Para quem é do tamanho do Ituano, o Paulista é o Eldorado, o sonho dourado, é a Copa do Mundo. Estamos falando de um clube que tem poucos títulos na sua história. Que vive escapando do rebaixamento, como em 2013,na última rodada. Que tinha como objetivo conquistar uma vaga na Série D. O título foi mesmo impressionante e mais ainda se você olhar para esse vídeo motivacional que os jogadores assistiram antes do jogo.

O vídeo foi divulgado pela TV Ituano, canal oficial do clube. Há uma narração, com uma música que cria um tom épico no fundo. Um grito esganiçado de “Quem sou eu”, rebatendo supostas declarações sobre a falta de mérito do Ituano. O vídeo mostra uma declaração de Cícero, meia do Santos, dizendo que a derrota do primeiro jogo foi mais por erros do time da Baixada que por méritos do time do interior. Depois, faz uma compilação de comentaristas dizendo que a vitória do Ituano foi uma zebra (como se isso não fosse verdade). Faz parte.

A narração é curiosa. Vale a pena olhar o vídeo, nem que seja para ver como qualquer coisa pode ser usada como motivação. Ali, no vestiário, tudo é uma tentativa de fazer os jogadores entrarem em campo com a faca nos dentes. E, pelo que vimos ontem, deu certo, porque o Galo de Itu entrou até com vontade demais, irritando o Santos com provocações, cera e tudo isso que faz parte do futebol. Quem não se lembra de Paulo Henrique Ganso gastando o tempo contra o Santo André, em 2010, para que o próprio time da Vila Belmiro fosse campeão? Futebol também é isso. Achar que futebol é só a parte técnica é para quem só conhece futebol de ouvir falar. Futebol é mais do que um jogo, do que um esporte, do que tática, treinamento, técnica. É religião, emoção, é loucura. É também vídeos como o que você verá agora.

Enfim, confiram: