O Borussia Dortmund perdeu seu principal atacante na janela de janeiro. Pierre-Emerick Aubameyang foi para o Arsenal e, em reposição, Michy Batshuayi veio do Chelsea e já se apresentou à torcida com uma bela partida na vitória por 3 a 2, sobre o Colônia, nesta sexta-feira. Marcou dois gols e deu uma assistência.

LEIA MAIS: O Dortmund perdeu sua estrela, mas buscou perspectivas no atual mercado

O Dortmund tem tido uma temporada bem oscilante. Depois de oito jogos seguidos sem vencer na Bundesliga, conseguiu somar três pontos novamente, pouco antes da pausa de inverno. Mas, antes de encarar o Colônia, fora de casa, nesta sexta, havia empatado as últimas três partidas.

O Colônia, lanterna, tenta uma recuperação. Tinha conseguido três vitórias e um empate antes de encarar o Dortmund, que sofreu para arrancar o seu triunfo. Os primeiros 30 minutos foram bastante equilibrados, com Kagawa acertando uma bola no travessão e os donos da casa levando perigo pelos lados do campo.

Aos 33, Batshuayi abriu sua contagem. Jeremy Toljan fez a jogada pela lateral esquerda e tocou para trás. O belga pegou de primeira para balançar as redes. Antes do intervalo, deu tempo de ele fazer mais um gol, em outro cruzamento de Toljan, mas foi flagrado em impedimento pelo árbitro de vídeo.

O Colônia conseguiu empatar na etapa final, quando Bürki deu azar ao espalmar um chute de Dominic Heintz bem na cabeça de Simon Zoller. A felicidade do lanterna não durou muito tempo. Dois minutos depois, a marcação pressão de Batshuayi, um dos pontos altos do seu jogo nesta sexta, funcionou. A bola ficou com Pulisic, que devolveu para o belga fazer 2 a 0.

Fim de papo, certo? Nada. Logo em seguida, o zagueiro Jorge Meré apareceu em cobrança de escanteio para empatar. O tropeço se desenhava até seis minutos do fim, quando um contra-ataque do Dortmund pegou o Colônia de calças curtas. Batshuayi puxou e deixou com Schürrle, que decretou a vitória e uma estreia dos sonhos para o atacante belga.

.

.