A segunda divisão do futebol italiano não é muito pródiga em jogadas plásticas, mas Mirko Antenucci, do Ternana, tirou da cartola um golaço de bicicleta no empate por 2 a 2 contra o Spezia. Matou no peito e executou o movimento com perfeição. A bola morreu no ângulo do goleiro do time da casa, que ficou apenas olhando. E quem disse que lances bonitos não podem acontecer na Série B?