O amistoso entre Espanha e Alemanha foi daqueles que dão uma sensação de Copa. Um jogaço entre dois dos melhores times do mundo no momento. Alemanha e Espanha chegam à Rússia como duas das favoritas a levantar a taça. O jogo foi empolgante, mas um aspecto teve muitas críticas: a bola. O jogo foi disputado com a Telstar 18, da Adidas. E três goleiros envolvidos no jogo criticaram a bola que será usada na Rússia.

LEIA TAMBÉM: Inspirada em 1970, esta é a bola da Copa do Mundo da Rússia

“Eles deveriam muda-la. Ainda há tempo”, disse Reina. “Eu aposto o quanto você quiser que veremos ao menos 35 gols de longa distância [na Copa], porque é impossível treinar”, continuou o goleiro espanhol. “Ela é coberta por uma película de plástico que torna difícil segurar. Os goleiros terão muitos problemas com a bola”.

David De Gea também parece não ter gostado do que viu no amistoso contra a Alemanha, com a Adidas Telstar 18, a bola da Copa. “É realmente estranha”, afirmou o goleiro. “Poderia ser bem melhor”.

Marc-Andre Ter Stegen, goleiro que atuou pela Alemanha no amistoso com a Espanha em Dusseldorf, também reclamou. “A bola poderia ser melhor, ela se mexe muito. Mas eu acho que nós teremos que se acostumar a trabalhar com ela e tentar lidar com isso o mais rapidamente possível antes que a Copa do Mundo comece”, disse o goleiro do Barcelona. “Não temos opção”.

As críticas se tornam ainda mais fortes se olharmos que os três goleiros, Reina, De Gea e Ter Stegen, são patrocinados pela Adidas, o que torna as coisas mais complicadas. A Jabulani, em 2010, causou muita polêmica por razões parecidas. Alguns goleiros reclamaram da bola, que fazia curvas inesperadas.

O goleiro brasileiro Júlio César, do Brasil, chegou a dizer que ela parecia uma bola de supermercado. O fato de ele ser patrocinado pela Nike, porém, faz com que as críticas possam soar um tanto enviesadas. Desta vez, porém, as críticas vieram depois de um amistoso entre duas das mais fortes seleções do mundo, Alemanha e Espanha, ambas patrocinadas pela Adidas, e com três goleiros envolvidos no jogo, também patrocinados pela marca alemã, reclamando da bola.

Adidas Telstar 18, a bola da Copa 2018 (Foto: divulgação)