Às vésperas de mais uma final da Liga dos Campeões, a Uefa anunciou os estádios que receberão as decisões continentais na temporada 2019/20. Casa do Porto, o Estádio do Dragão será o palco da Supercopa, enquanto a Liga Europa coroará o seu campeão na Arena Gdansk, uma das sedes da Euro 2012. O principal prêmio, no entanto, ficou para Istambul. A Champions League será mais uma vez definida no Estádio Olímpico Atatürk, principal arena do país e costumeira casa da seleção turca. Será a segunda decisão que acontecerá por lá, e a primeira ninguém se esquece: o mítico Liverpool 3×3 Milan de 2005, que recolocou os Reds no topo do continente graças à vitória nos pênaltis, após a reação inimaginável no segundo tempo.

Cabe dizer que o Estádio Atatürk passará por mudanças até 2020. O governo turco irá realizar amplas reformas no local, pensando em sua candidatura para receber a Euro 2024. A pista de atletismo deixará de existir e as arquibancadas se aproximarão do campo, aumentando a capacidade atual de 76 mil espectadores para 92 mil. Além disso, será feita uma cobertura totalmente nova, com uma espécie de escudo ao redor do prédio para solucionar os problemas constantes com o vento intenso.

O Estádio Atatürk foi inaugurado em 2002 e passou por uma renovação já em 2005. O local é usado geralmente pela seleção, por eventos nacionais e para shows. Galatasaray, Besiktas e Istambul Basaksehir tiveram estadias limitadas no estádio, antes de inaugurarem suas novas arenas, atualmente utilizadas no Campeonato Turco. Casa do Fenerbahçe, o Estádio Sükrü Saraçoglu é o mais antigo entre os principais da cidade, e recebeu a final da Copa da Uefa em 2009.

Vale lembrar que os três palcos das finais em 2018/19 tinham sido conhecidos meses atrás. A Champions acontecerá no Wanda Metropolitano; a Liga Europa, no Estádio Olímpico de Baku; e a Supercopa, na A. Le Coq Arena de Tallinn.