Um dos grandes mantras que os torcedores do Liverpool cantaram nos últimos anos é: contratem zagueiros. Mais uma janela se passou, com toda a especulação sobre Philippe Coutinho, que ficou. Só que não chegou nenhum defensor. E depois de empatar por 2 a 2 em casa com o Sevilla na Champions League, Klopp diz que uma contratação não resolveria o problema, que é sério: o time tem sofrido uma média de dois gols por partida neste início de temporada.

LEIA TAMBÉM: Com os mesmos erros de sempre, Liverpool deixa escapar a vitória contra o Sevilla

“Eu sei que vocês estão sempre procurando por isso, a defesa é sempre algo que está sendo falado: ‘Nós não contratar esse ou aquele’”, afirmou o treinador. “Se estes problemas pudessem ser resolvidos com a contratação de um jogador, você pode imaginar que nós colocaríamos todo nosso dinheiro nisso e dizer: ‘Vamos fazer isso’”, afirmou o treinador.

“A questão é ser dominante e perder um pouco de controle do jogo em todos os momentos defensivos. Há espaços para melhorias. Precisamos aprender a sermos dominantes e não sofrer gols fáceis”, analisou o treinador. “Não é um problema geral de defender, mas nós temos que melhorar 100%”.

Depois de sair perdendo logo no começo do jogo contra o Sevilla, o Liverpool virou a partida, mas sofreu novamente o empate. “É decepcionante, frustrante, mas é completamente normal”, afirmou Klopp. “Nós somos responsáveis pelas partes muito boas no jogo e também nas partes não tão boas, então você tem que se sentir decepcionado depois de um jogo como esse”, continuou o alemão.

O Liverpool tentou a contratação de Virgil van Dijk, do Southampton, que recusou as propostas feitas pelo clube de Anfield Road. O holandês continuou nos Saints e os Reds não contrataram nenhum jogador para o setor. O Liverpol segue atuando com Joel Matip e Dejan Lovren como titulares no centro da defesa, além de ter Ragnar Klavan e Joe Gomez como opções no banco. Na temporada passada, o volante brasileiro Lucas Leiva, atualmente na Lazio, chegou a atuar no setor.

Klopp tem razão em um aspecto: a contratação de um zagueiro não resolveria todos os problemas defensivos do time. Até porque a defesa funciona dentro de um time e, se for mal armada, nem tendo bons zagueiros o problema se resolve. Só que isso significa que o problema é com ele, justamente. Na Premier League, o time tomou oito gols em quatro jogos. Contra o Sevilla, mais dois gols sofridos, que é a média do time. Desse jeito, é muito difícil manter bons resultado. Tomando dois gols por jogo, as frustrações e decepções descritas por Klopp irão continuar.