Há uma clara rasgação de seda no Grupo C da Copa do Mundo. O Peru, de volta aos Mundiais depois de 36 anos, tem sido o grande pivô da amizade criada entre oponentes. Primeiro, na carta assinada em conjunto pelos capitães da chave para a liberação de Paolo Guerrero. Depois, pelo vídeo que apresentava a identidade do país aos adversários. Já nesta quarta-feira, a Dinamarca resolveu retribuir a gentileza. Em vídeo protagonizado por personagens importantes do passado e do presente da seleção, os dinamarqueses parabenizaram os peruanos e falaram sobre as expectativas quanto à estreia. Mas a parte principal ficou mesmo para a sequência. A Dinamarca reescreveu seu próprio hino nacional, adaptando partes da letra para exaltar o Peru. Confira o resultado: