É inevitável. Qualquer pai apaixonado pelo seu clube vai tentar aproveitar a infância do filho para catequizá-lo. Comprar uniformes, brinquedos, berços, até chupetas com o escudo do time, mesmo que, no futuro, a criança decida mudar de ideia. Nem sempre isso dá certo, e parece que a garotinha do vídeo abaixo não está muito inclinada a torcer pelo West Ham. Na verdade, parece que a tendência é que ela seja fã do Milwall: