BELÉM – No que depender de Carlos Alberto Parreira, os torcedores brasileiros que querem ver o Brasil jogando “bonito” podem tirar o cavalo da chuva. O treinador brasileiro foi explícito em sua entrevista após a vitória sobre a Venezuela: “Espetáculo não faz parte do meu vocabulário”, disse.

“O importante é ganhar jogos e ser campeão”, acrescentou. Parreira disse ainda não ver motivos para, agora, mudar o esquema com dois meias ofensivos e dois atacantes, mas ressalvou que isso poderia acontecer durante a Copa.

O capitão da seleção brasileira, Cafu, comparou a euforia da torcida com a maneira como foi tratado pela torcida carioca antes da Copa-2002 – o lateral foi xingado no último jogo no Maracanã. “Nada como sair daqui como herói, e não como vilão”, afirmou.