Paulo Bonamigo deixou o comando do Marítimo. O treinador foi demitido neste domingo após o empate sem gols contra o Rio Ave, em casa. A diretoria tomou a decisão em virtude do fraco rendimento da equipe nas últimas partidas.

Em seis rodadas, o Marítimo conquistou apenas uma vitória. Dos 18 pontos em disputa, a equipe somou apenas quatro. Após 26 partidas no campeonato português, o clube ocupa a 10ª colocação, com 31 pontos. Porém, apenas três pontos o separam da zona de rebaixamento.

Para a partida contra o Porto, na próxima quarta, pelas quartas-de-final da Taça de Portugal, o time será comandado de forma interina por João Abel e Humberto Fernandes.

´´Tenho que assumir a responsabilidade, pois trabalhei durante seis meses dentro do campo com os jogadores. É sabido que, quando as coisas não vão bem, não adianta culpar terceiros pelo insucesso. Sabemos que no momento das vitórias todo mundo vence e que nas derrotas nós, os responsáveis diretos, temos que assumir essa condição´´, disse Bonamigo.

O treinador comentou a respeito de possíveis problemas de relacionamento com o grupo. ´´Nós tivemos alguns, especialmente em termos comportamentais, não há o que negar´´, afirmou.