Há gafes inesquecíveis em entrevistas coletivas de apresentação, e agora Jermain Defoe faz parte dessa história. O atacante inglês, contratação badalada do Toronto FC, chegou ao Canadá e na primeira conversa com os torcedores afirmou que estava “feliz por estar aqui nos Estados Unidos”.

Poderia ser muito pior. Ele poderia ter feito que nem o ex-atacante Amoroso que chamou o Corinthians de Sociedade Esportiva Corinthians, nome do rival Palmeiras. Ou Gustavo Nery, que falou Corinthians Futebol Clube e, quando foi apresentado no Internacional, disse que ficou feliz com o seu acerto com o Grêmio. Também não desmaiou, como o zagueiro Paulão, quando chegou ao São Paulo, nem disse que era um “passo atrás” na sua carreira, parafraseando a apresentação de Thiago Neves no Fluminense.

Viu só? Não fiquem bravos com Defoe. Ele vai treinar no Canadá, mas muitos jogos serão mesmo nos Estados Unidos. E ele nem disse que estava acertado com o Montreal.