Desde a semana passada, a Bósnia e a Sérvia sofrem com enchentes que causaram pelo menos 30 mortes. Em Sarajevo, a seleção bósnia, classificada para a Copa do Mundo de 2014, visitou a Associação de Jornalistas Esportivos para conversar sobre um plano humanitário para ajudar as vítimas, e um dos jogadores que virá ao Brasil em junho já se movimentou.

Leia mais: Como a Copa está transformando a Bósnia em um país só

Miralem Pjanic, da Roma, esvaziou as prateleiras de uma farmácia em Sarajevo, quase literalmente. Comprou todos os medicamentos mais importantes para tratar as vítimas e vai doá-los aos necessitados. “Parabéns aos jornalistas que organizaram isso. Eu me juntei à iniciativa porque simpatizo com as vítimas dessa tragédia que assolou nossa nação”, disse em entrevista ao portal Avaz.ba.

Nós que agradecemos, Pjanic. Baita gesto.

Pjanic posou até para fotos

Pjanic posou até para fotos

Você também pode se interessar por:

>>>> Ibra deveria ou não viajar para a Bósnia? A gente acha que sim

>>>> Bósnia volta a ficar em chamas. Desta vez, por um bom motivo

>>>> Arquibancadas na bósnia pegam fogo com violência da torcida