A partida entre Uruguai e Gana, pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, certamente possui um dos finais mais apoteóticos que o futebol já vivenciou. E tudo se potencializa pela importância do jogo, pela representatividade que tinha aos dois países, por quem eram os seus personagens principais. Ao longo dos 120 minutos, os Mundiais tiveram duelos melhores e mais emocionantes. Mas nada se compara ao nível de tensão daqueles segundos derradeiros, entre a mão de Luis Suárez e o pênalti desperdiçado por Asamoah Gyan, logo desembocando em uma disputa na marca da cal definida da maneira mais imponderável por Loco Abreu.

A Fifa sabe o peso que aquele confronto tem na história das Copas e na memória afetiva de quem o assistiu. Assim, na série semanal que disponibiliza online os jogos de edições passadas do torneio, a entidade exibiu na íntegra e em alta definição o épico do Soccer City. Vale relembrar, ao menos pelos instantes finais: