Miguel Fuentes, presidente da Real Sociedad, admitiu hoje que o clube pode acabar por conta dos problemas financeiros. Uma auditoria mostrou que a Real possui dívidas de cerca de € 31 milhões de euros.

Fuentes afirmou que a única forma de salvar o time será aumentar o capital. “A situação é preocupante e crítica. Se esta medida não for tomada, o clube será dissolvido”, lamentou. Mesmo com um ambiente nada animador, ele tentou acalmar sócios e torcedores. “Estou confiante em sair desta situação. Há um trabalho muito duro pela frente”.