O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, falou sobre a saída de Neymar para o Paris Saint-Germain no Congresso Anual de Torcedores, nesta segunda. Segundo o dirigente, qualquer que fosse o fim da novela com o brasileiro seria bom para o Barcelona, mas criticou a forma como o jogador conduziu a negociação. Bartomeu também disse que este ano não se falará mais do tridente MSN (Messi, Suárez e Neymar), e sim sobre o time.

LEIA TAMBÉM:
– Neymar é o primeiro a dobrar o recorde de transferências desde Bernabé Ferreyra, em 1932
– Para Ronaldinho, Barcelona terá dificuldade em substituir Neymar: “Sabem a sua posição financeira”
– Os 11 momentos memoráveis de Neymar com a camisa do Barcelona

Neymar deixou o Barcelona pela cláusula de rescisão do jogador, € 222 milhões. Foi apresentado no PSG na sexta e a expectativa agora é nos próximos movimentos do Barcelona. O que se espera é que o clube catalão invista em jogadores e o presidente deixou claro que isso deve acontecer, embora a ideia não seja gastar tudo que o time recebeu.

“Antes de falar sobre o futuro, nós queremos fechar um capítulo do passado. Neymar foi parte do nosso clube, mas agora é história. Foi a decisão dele, apesar de termos feito tudo no nosso poder para que ele ficasse”, explicou Bartomeu.

“Nós sempre agimos responsavelmente e mesmo que nós não concordemos com a sua decisão, nós a respeitamos – embora isso não signifique dizer que nós não defendemos nossos próprios interesses. Tudo tem limite e nenhum jogador está acima do Barcelona. O modo de Neymar fazer as coisas não foi o melhor. Não era adequado para um jogador do Barcelona”, opinou ainda o dirigente.

Mesmo não concordando com a saída de Neymar, Bartomeu disse que o clube estava preparado para a sua saída e já trabalha na reposição do brasileiro no elenco blaugrana. “Nós antecipamos que Neymar poderia sair e foi por isso que nós aumentamos a sua cláusula de rescisão”, afirmou Bartomeu. “O que quer que acontecesse seria bom para o Barça. Se ele ficasse, nós ficaríamos com um grande jogador e se ele saísse, nós teríamos uma grande quantidade de dinheiro”.

O presidente falou em contratações, mas disse que o dinheiro recebido por Neymar não será integralmente gasto para trazer novos jogadores. “Com o dinheiro, podemos fazer novas contratações, embora iremos administrar os € 222 milhões com bom senso. Nós iremos investir em jogadores e ativos, não será tudo gasto com contratações”, explicou Bartomeu.

Com a saída de Neymar, veio então o fim do ataque MSN, que encantou o mundo – e os torcedores do Barça, evidentemente. O presidente tentou olhar de forma positiva e, em vez de destacar o trio de ataque, o o foco estará no time. “Nós iremos trazer jogadores. O primeiro foi [Nelson] Semedo, mas é claro, mais irão chegar. Este ano não será sobre o tridente [Neymar, Lionel Messi e Luis Suárez], nós iremos falar sobre o time”, disse Bartomeu.

Será difícil para o Barcelona repor Neymar e com o mercado como está, mas ficaremos de olho em quem poderá chegar ao clube da Catalunha. Muita gente defende que o clube invista em outras posição ao invés de trazer um atacante, como um meio-campista de alto nível que possa suprir o setor que tem Rakitic e Iniesta como jogadores titulares e que não jogaram tão bem na última temporada. Resta ver como o Barcelona irá gastar o dinheiro.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM:
– Quem o Barcelona deveria contratar para o lugar de Neymar? Veja algumas opções
– O réquiem de um ataque encantador: Messi, Suárez e Neymar
– Uefa alerta sobre Fair Play Financeiro: “PSG deve ter feito bem as contas”