A situação não está fácil em Portugal. O desemprego está alto (ainda que tenha dado uma ligeira caída no último trimestre, de 17,8 para 15,6%, o clima nas ruas não é dos melhores. Bem, um cenário não muito diferente de outros países europeus que estão todo dia nos noticiários, como Grécia e Espanha. Mas já há um caminho para resolver tudo e recolocar os portugueses no prumo. Até, quem sabe, voltar a ser uma potência no comércio mundial como na época das navegações.

A resposta está com Bruno de Carvalho, presidente do Sporting. E o dirigente expôs sua ideia em uma reunião com torcedores leoninos de Braga. Está no vídeo abaixo. O áudio não é dos melhores, mas, lá por 20 segundos, ele diz: “Há uma solução simples que as pessoas ainda não descobriram. Quando quiserem começar a resolver os problemas de Portugal, é fácil: tiramos o vermelho da bandeira e é tudo nosso”.

Os benfiquistas não devem concordar muito com a proposta do mandachuva sportinguista, mas o mais interessante é que essa mesma solução pode ser adotada por Espanha e Itália. E o que explicaria a crise grega? Ora, não tem vermelho, mas é azul e branco demais. Carvalho deve achar que um verdinho ali na bandeira ajudaria bastante a Grécia.