O que tinha tudo para ser um amistoso a passar despercebido em Estocolmo, na Suécia, acabou chamando o máximo de atenção possível. Não pelo jogo em sim, mas pela batalha campal que tomou conta do gramado perto do apito final entre Djurgardens e Union Berlin. Torcedores dos dois clubes invadiram o campo e iniciaram o confronto a menos de 20 minutos do final do jogo, arremessando sinalizadores uns aos outros, o que acabou fazendo com que a partida fosse adiada, com data indefinida.

É difícil imaginar as razões para tal confusão, afinal, que tipo de rivalidade Djurgaarden, da Suécia, e Union Berlin, um time que sequer frequenta a divisão de elite da Alemanha, poderiam ter, não é mesmo? Aparentemente, o que motivou o início do confronto foi uma provocação feita pelos suecos, que estenderam uma faixa do Dynamo Berlim, antigo rival do Union e símbolo do futebol na Alemanha Oriental, nas arquibancadas. As imagens capturadas na Tele2 Arena, em Estocolmo, são impressionantes. No vídeo abaixo, é possível ver a polícia fracassando em tentar evitar o embate.

É inacreditável pensar que uma provocação tão barata tenha desencadeado uma confusão dessas. Em qualquer parte do mundo, quando torcedores vão ao estádio dispostos a brigar, qualquer mínima faísca acaba virando incêndio. No caso desse jogo, quase literalmente.