A primeira fase da venda de ingressos foi às cegas. A principal expectativa do sorteio era descobrir para quais partidas as pessoas haviam comprado bilhetes. Nem todo mundo se deu bem. Se Salvador vai assistir à reedição da final da última Copa do Mundo, Cuiabá vai ter que se contentar com um Coreia do Sul e Rússia.

Sua cidade não vai receber nenhum jogo bom e você pretende viajar? Está em dúvida para onde ir? Fizemos um ranking com as cidades que vão receber os melhores jogos:

1º – Salvador

13/06 – 16 h – Espanha x Holanda
16/06 – 13 h – Alemanha x Portugal
20/06 – 16 h – Suíça x França
25/06 – 13h – Bósnia x Irã

O lado ruim é que a cidade mais negra do Brasil não vai receber nenhuma seleção africana, a não ser que Gana ou Nigéria cheguem às quartas de final. No entanto, os baianos não podem reclamar. Vão assistir à reedição da final da Copa do Mundo de 2010, entre Espanha e Holanda, e o confronto do português Cristiano Ronaldo contra a seleção alemã, uma das favoritas ao título. Ainda não estão felizes? Então ainda tem a França, campeã de 1998, contra a Suíça, e a Bósnia, única estreante do Mundial. Vale a passagem de avião.

2º – São Paulo

12/06 – 17h – Brasil x Croácia
19/06 – 16h – Uruguai x Inglaterra
23/06 – 13h – Holanda x Chile
26/06 – 17h – Coreia do Sul x Bélgica

Arena Corinthians, palco dos jogos em São Paulo

Arena Corinthians, palco dos jogos em São Paulo

A Arena Corinthians, que ainda precisa ficar pronta, será o palco de pelo menos dois grandes jogos e um que é especial para a torcida brasileira. O sorteio definiu que a abertura da Copa do Mundo, em São Paulo, será entre Brasil e Croácia, provavelmente a melhor partida do grupo do anfitrião. Ainda haverá dois confrontos decisivos por vagas nas oitavas de final: Uruguai x Inglaterra e Holanda x Chile. Também vai dar tempo de ficar de olho na tal seleção belga da qual todo mundo fala. E pode haver um confronto de mata-mata entre Argentina e França, além da semifinal.

3º – Rio de Janeiro

15/06 – 19h – Argentina x Bósnia
18/06 – 19h – Espanha x Chile
22/06 – 19h – Bélgica x Rússia
25/06 – 17h – Equador x França

Lionel Messi, a atual campeã do mundo, franceses e o melhor jogo do Grupo H vão rivalizar com as praias do Rio de Janeiro durante a primeira fase da Copa do Mundo. A Bósnia estreia em Mundiais contra a Argentina, três dias antes da Espanha jogar bola contra o Chile. Bélgica e Rússia vão definir quem será o primeiro da chave deles e o Equador vai tentar superar a França. As atrações não param por aí porque a capital carioca ainda vai receber a final da Copa, um jogo de oitavas – vencedor do grupo da Colômbia e o segundo colocado do grupo da morte – e um de quartas de final.

4º – Fortaleza

14/06 – 16h – Uruguai x Costa Rica
17/06 – 16h – Brasil x México
21/06 – 16h – Alemanha x Gana
24/06 – 17h – Grécia x Costa do Marfim

Brasil e México é certeza de um jogo interessante. Ou a seleção de Luiz Felipe Scolari supera um time que geralmente complica as coisas, ou os mexicanos comprovam, mais do que nunca, que os pentacampeões são seus fregueses. Mais dois campeões do mundo vão jogar no Castelão. O Uruguai faz seu jogo mais fácil na primeira fase contra a Costa Rica, e a Alemanha enfrenta Gana. Se você for fã de Didier Drogba – ou de Georgios Samaras-, não pode perder Costa do Marfim x Grécia.

5º – Manaus

14/06 – 21h – Inglaterra x Itália
18/06 – 15h – Camarões x Croácia
22/06 – 15h – Estados Unidos x Portugal
25/06 – 16h – Honduras x Suíça

A Inglaterra não se incomodava em cair em um grupo forte desde que não jogasse em Manaus. Caiu em um grupo forte e estreia em Manaus. Ironia fina, tipicamente inglesa. O melhor jogo da primeira fase será em 14 de junho, às 21h, na Arena Amazônia, entre os britânicos e a Itália. Só por isso já valeria enfrentar a viagem longa, mas ainda haverá Cristiano Ronaldo e Portugal em campo contra os Estados Unidos, e Camarões, de Samuel Eto’o, contra a Croácia. Difícil será ficar acordado enquanto Honduras e Suíça maltratam a bola.

6º – Brasília

15/06 – 13h – Suíça x Equador
19/06 – 13h – Colômbia x Costa do Marfim
23/06 – 17h – Camarões x Brasil
26/06 – 13h – Portugal x Gana

Placa mostra o nome do estádio de Brasília com Mané Garrincha (Foto: André Borges/Governo do Distrito Federal)

Placa mostra o nome do estádio de Brasília com Mané Garrincha (Foto: André Borges/Governo do Distrito Federal)

Os moradores de Brasília podem viajar à vontade nos primeiros dez dias da Copa do Mundo por outras cidades em busca de jogos melhores que Suíça x Equador e Colômbia x Costa do Marfim, mas é bom voltar antes de 23 de junho, quando a seleção brasileira encerra sua participação na fase de grupos. Três dias depois, Portugal e Gana provavelmente decidem quem fica com a segunda vaga do difícil Grupo G.

7º – Porto Alegre

15/06 – 16h – França x Honduras
18/06 – 13h – Austrália x Holanda
22/06 – 13h – Coreia do Sul x Argélia
25/06 – 13h – Nigéria x Argentina

Três boas equipes com certeza vão estar em Porto Alegre, mas contra adversários bem fraquinhos. A Argentina, pela proximidade, deve lotar o Beira-Rio com sua vibrante torcida. Coitada da Nigéria. França e Holanda devem passear contra Honduras e Austrália, então vale a pena para ver uma sacolada de gols. A Alemanha, caso realmente fique em primeiro no seu grupo, faz as oitavas de final na capital gaúcha. O fã de futebol alternativo pode conferir Coreia do Sul e Argélia.

8º – Belo Horizonte

14/06 – 13h – Colômbia x Grécia
17/06 – 13h – Bélgica x Argélia
21/06 – 13h – Argentina x Irã
24/06 – 13h – Costa Rica x Inglaterra

Vai dar para ver a Argentina e a Inglaterra, além de Colômbia e Bélgica, duas potenciais surpresas, mas Belo Horizonte deu um pouco de azar no sorteio. Os jogos provavelmente vão ser aqueles de um lado só. Por outro lado, com um pouco de sorte, consegue ver Brasil x Holanda nas oitavas de final, além de um dos jogos que vão definir uma vaga na decisão. Nada mal.

9º – Recife

14/06 – 19h – Costa do Marfim x Japão
20/06 – 13h – Itália x Costa Rica
23/06 – 17h – Croácia x México
26/06 – 13h – Estados Unidos x Alemanha

Costa do Marfim x Japão e Croácia x México vão mexer com os corações de pouca gente, mas os pernambucanos vão cruzar com Mario Balotelli caminhando na praia antes de enfrentar Costa Rica e vão gargalhar com alemães e americanos branquelos pegando sol na praia antes do jogo entre as suas seleções. Se der a lógica, também verão a Itália jogar as oitavas de final.

10º – Natal

13/06 – 13h – México x Camarões
16/06 – 19h – Gana x Estados Unidos
19/06 – 19h – Japão x Grécia
24/06 – 13h – Itália x Uruguai

Coitado do povo de Natal. Antes de Itália e Uruguai fecharem suas participações no Grupo D, as pessoas vão ter que aguentar três jogos bem fraquinhos – e não há confrontos de mata-mata no Rio Grande do Norte. A partida entre Gana e Estados Unidos também pode ser um pouco interessante, mas as outras duas, embora Grécia, Japão e México briguem por vaga, não serão nada demais. Que azar.

11º – Curitiba

16/06 – 16h – Irã x Nigéria
20/06 – 19h – Honduras x Equador
23/06 – 13h – Austrália x Espanha
26/06 – 17h – Argélia x Rússia

A Arena da Baixada não vai receber muitos jogos bons na Copa do Mundo

A Arena da Baixada não vai receber muitos jogos bons na Copa do Mundo

Só a Espanha, fazendo o seu jogo mais fácil da fase de grupos, merece ser assistido em Curitiba. Até a bola vai reclamar de Irã x Nigéria, e Honduras x Equador tem potencial de violar os direitos humanos. A Rússia tem uma boa seleção e a Argélia se doa bastante em campo, mas as bolinhas não foram gentis com a capital do Paraná, que também não recebe nenhum jogo de mata-mata.

12º – Cuiabá

13/06 – 18h – Chile x Austrália
17/06 – 18h – Rússia x Coreia do Sul
21/06 – 18h – Nigéria x Bósnia-Herzegovina
24/06 – 16h – Japão x Colômbia

Fizeram de tudo para que a Copa do Mundo fosse para Cuiabá, por causa do pantanal, os jacarés e etc, e o melhor jogo na Arena Pantanal será entre Rússia e Coreia do Sul. Toda partida de Copa do Mundo é legal, mas quem vender café durante Nigéria x Bósnia-Herzegovina vai ficar rico. Japão x Colômbia, duas seleções que jogam para frente, pode ser movimentado, e o Chile deve golear a Austrália. Nada muito emocionante.