O presidente angolano José Eduardo dos Santos apresentou-se em êxtase neste domingo, um dia após a classificação de seu país para a primeira Copa do Mundo de sua história. “É um momento de grande emoção”, afirmou o mandatário do país, que jogou futebol em sua juventude, ao Jornal de Angola. “A classificação para o Mundial é a realização de parte do nosso sonho.”

De acordo com a imprensa angolana, o partido do presidente ofereceu cerca de US$ 150 mil como prêmio aos jogadores pela vitória sobre Ruanda e pela inédita classificação para o Mundial.

Para Dos Santos, “o país precisa agora trabalhar duro para que Angola esteja bem preparada para jogar na Alemanha no ano que vem.”

A capital Luanda amanheceu neste domingo coberta por garrafas vazias, reflexo da festa que correu a noite de sábado.