Harry Kane se tornou um dos jogadores a entrar para o cube centenário de gols na Premier League. No domingo, no empate por 2 a 2 com o Liverpool, o camisa 10 do Tottenham chegou a 100 gols na Premier League. Para um ex-companheiro de seleção, o atacante Wayne Rooney, Kane é atualmente o melhor jogador da sua posição na Europa.

LEIA TAMBÉM: No pior momento da carreira, história de Tom Brady mudou a vida de Harry Kane

“Ele é o melhor atacante da Europa no momento”, disse Rooney. “O incomoda quando ele não vence e você não pode dizer isso sobre todos os jogadores. Ele realmente quer ganhar e marcar gols, ele quer melhorar”, analisou o jogador do Everton. “Ele é um líder natural agora no time da Inglaterra. Ele é o único que tem que vestir a braçadeira. Se a Inglaterra irá bem na Copa, depende de como ele vai”, analisou o ex-capitão da Inglaterra.

Só nesta temporada, Harry Kane tem 31 gols em 32 jogos, considerando todas as competições. Na Premier League, são 22 gols em 25 jogos, na liderança da artilharia da liga. O jogador do Tottenham foi o artilheiro das duas últimas edições do Campeonato Inglês. É o principal jogador da seleção inglesa, que tem muitas opções no ataque. Aos 21 anos, ele estreou na Inglaterra em 2015, sob o comando de Roy Hodgson. Se tornou a principal opção do time. Terá o desafio de levar a Inglaterra mais longe do que nas últimas vezes, já que em 2014 os ingleses sequer passaram da fase de grupos.

Rooney ainda alertou que o jogador do Tottenham pode acabar deixando o clube. “Ele pode ir para onde quer que ele queira ir, ele é bom para isso. Sua motivação é ir de gols para títulos e se o Tottenham não ganhar títulos no próximo ano talvez dois, ele vai para outro lugar conseguir isso. Essa é a decisão que ele tem que tomar em um ano ou dois”, afirmou Rooney. “Tottenham também tem decisões, se eles trazem mais jogadores e realmente fazer algo para buscar o título da Premier League”.

Aos 24 anos, Kane parece o maior candidato a ser escolhido o capitão da Inglaterra. Depois da aposentadoria de Rooney da seleção, o técnico Gareth Southgate ainda não decidiu quem vestirá a braçadeira de capitão na Rússia, durante a Copa do Mundo. Além de Kane, é candidato também o meio-campista Jordan Henderson, que já exerce a posição no Liverpool. Ele, porém, não é um titular garantido.