Um Manchester United com Wayne Rooney inspirado não foi páreo para o Arsenal, sem Henry até os 25 do segundo tempo, neste domingo em Old Trafford. Os Red Devils venceram por 2 a 0 e mantiveram em sete pontos a diferença que os separa do líder Chelsea.

Em um jogo movimentado e com chances dos dois lados, o United apresentou maior volume de jogo, e só não foi para o vestiário com 1 a 0 no placcar porque Touré desviou com a mão um chute de Rooney. O árbitro, no entanto, não viu pênalti.

Aos nove do segundo tempo, no entanto, Rooney recebeu de Silvestre na entrada da área e bateu forte, sem chance para Lehmann, inaugurando o marcador. O segundo gol saiu aos 33, pouco tempo depois que Arsène Wenger colocou Henry em campo. Rooney fez boa jogada pela direita e cruzou para Park, que entrava pela direita, completar para o fundo do gol.

Mais cedo no domingo, o Liverpool bateu o Bolton em casa, com um gol de Robbie Fowler aos 45 do primeiro tempo. Em Middlesbrough, o time da casa não segurou o Newcastle, que venceu por 2 a 1. Boateng, contra, e Ameobi marcaram para o Newcastle no primeiro tempo, e Boateng, desta vez a favor, diminuiu no segundo.