Pogba, Tevez e Pirlo: as estrelas da Juventus  (AP Photo/Massimo Pinca)

[Roteiro] Clássico de Turim, reencontro explosivo na Turquia e encontro de azuis na Inglaterra

Mais da metade da temporada europeia já se passou, e o tempo para que os principais jogadores dos times europeus mostrem competência para estar na Copa do Mundo vai se afunilando. As disputas também vão se tornando mais acirradas, e tropeçar agora já tem um peso diferente que no início dos campeonatos. Na Inglaterra, por exemplo, o Everton terá um difícil duelo com o líder Chelsea para não se afastar demais dos quatro primeiros colocados. Já na Itália, a irregular Fiorentina pega o Parma, que vive ótima fase e vai se aproximando das primeiras colocações. O principal jogo da rodada, no entanto, é mesmo o clássico de Turim entre Juventus e Torino.

Confira a programação de TV

Se concorrência forte é o que você gosta de ver, esse final de semana é mais um daqueles para se ficar ligado em La Liga. Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid dividem a liderança com 60 pontos cada, e tentam vencer e torcer pela queda um do outro. Tem também reencontro polêmico na Turquia, brasileiro voltando de lesão e artilheiro em ascensão. Confira tudo isso em nosso roteiro do final de semana.

O jogão

Chelsea x Everton

Sábado, 09h45 (Fox Sports)

Hazard é o grande destaque do Chelsea na temporada (AP Photo/Jon Super)

Hazard é o grande destaque do Chelsea na temporada (AP Photo/Jon Super)

Líder da Premier League, o Chelsea terá pela frente um adversário com bastante apetite pela vitória. O Everton está atualmente na sexta colocação e não pretende desistir da briga por um lugar na próxima Liga dos Campeões. A cinco pontos do quinto colocado Tottenham e a oito do Liverpool, na quarta colocação, os Toffees precisam vencer se não quiserem se distanciar ainda mais dos primeiros colocados. Além disso, o Manchester United está apenas a três pontos da equipe azul de Liverpool e terá um confronto teoricamente fácil contra o Crystal Palace. Já o Chelsea lidera a competição sem folga alguma. Apenas um ponto o separa do vice-líder Arsenal, e o Manchester City, no terceiro lugar, está a três pontos de alcançar os Blues. Portanto, no jogo deste sábado no Stamford Bridge, ninguém sairá satisfeito com um mero empate. Ambos os lados deverão tentar seu melhor para sair com os três pontos, e o jogo promete ser bastante entretido.

O clássico

Juventus x Torino

Domingo, 14h30 (Fox Sports)

Sexto colocado, o Torino quer uma vaga em alguma competição europeia da próxima temporada. Para manter-se na briga, no entanto, terá um difícil duelo neste domingo: o Derby della Mole. Invicta há 16 rodadas, certamente a Juventus não facilitará em nada a missão do rival, e o favoritismo dos donos da casa é gigantesco. Ambas as equipes vêm de vitória sobre times de Verona. Enquanto a Juve passou fácil pelo Chievo por 3 a 1, o arquirrival derrotou o Hellas Verona pelo mesmo placar, mas fora de casa e construído nos primeiros 20 minutos da segunda etapa. Motivação haverá dos dois lados, mas o Torino precisará de algo mais que isso para ficar com a improvável vitória, afinal os bianconeri só foram derrotados uma vez no Italiano desta temporada, e como visitantes. Como mandantes, o número deles impressiona: 12 vitórias em 12 jogos.

Fique de olho também

Parma x Fiorentina

Segunda-feira, 14h55 (Fox Sports)

Depois de uma boa sequência de quatro vitórias em cinco jogos, a Fiorentina sofreu uma instabilidade nas últimas quatro rodadas, vencendo apenas um jogo e sofrendo duas derrotas. Na quarta colocação e a seis pontos do Napoli, que é o terceiro, o time de Florença vê, em seu retrovisor, a Internazionale se aproximando. Ainda há uma distância de cinco pontos, mas por que dar mole bem agora, não é mesmo? Embora saiba da importância de uma vitória nesta rodada, a equipe comandada por Vincenzo Montella terá pela frente um difícil adversário. O Parma não começou lá tão bem a competição, mas sua campanha recente tem impressionado. Já são 12 jogos invictos, dos quais a segunda metade tem sido particularmente especial. Nos primeiros seis jogos dessa sequência, foram cinco empates e uma vitória. A outra parte, no entanto, foi exatamente o contrário: cinco triunfos e um tropeço. Na oitava colocação, os ducali estão a apenas três pontos da Inter, quinta colocada, posição que garante vaga na Liga Europa. Diante dessas circunstâncias, não tem por que esperar menos que um duelo muito disputado entre Parma e Fiorentina.

Twente x Feyenoord

Domingo, 12h30 (Watch ESPN)

Outro campeonato cuja disputa pelos primeiros lugares está bem entretida é o Holandês. A Eredivisie é liderada pelo Ajax, com 51 pontos, e Twente e Feyenoord são as equipes que perseguem os Godenzonen, com 47 e 44 pontos, respectivamente. Neste final de semana, os dois se enfrentam em um clássico jogo de seis pontos, que pode tanto alçar o Twente de vez a concorrente pelo título (em caso de tropeço do Ajax) ou embolar de vez a briga pela segunda colocação, que, é bom lembrar, vale vaga direta na próxima Liga dos Campeões. Perto dos dois, está o Vitesse, que mesmo com a má fase recente não se distanciou das primeiras colocações de maneira irreparável. O time de Lucas Piazon tem 43 pontos na competição, não vence há cinco jogos, mas terá pela frente o Waalwijk, 14º colocado, em uma ótima oportunidade para se recuperar.

Real Sociedad x Barcelona

Sábado, 16h (ESPN Brasil)

Messi continua decisivo no Barcelona (AP Photo/Jon Super)

Messi continua decisivo no Barcelona (AP Photo/Jon Super)

A mais equlibrada das últimas temporadas de La Liga terá uma rodada importante. Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid dividem a liderança, com 60 pontos cada, e, dos três, o Barça é que terá o confronto mais difícil para se manter no topo. Enquanto o Real pega o Elche, e o Atlético, o Osasuna, os catalães irão até San Sebastián para enfrentar a Real Sociedad, sexta colocada. A briga do time do País Basco no atual Espanholão é pela vaga para os playoffs da próxima Liga dos Campeões. Quatro pontos separam a Sociedad do arquirrival e atual quarto colocado Athletic Bilbao, então o momento é de permanecer entre os melhores do campeonato para poderem desafiar os outros concorrentes ao quarto lugar. No Barcelona, mais uma vez, Lionel Messi deverá ser titular, enquanto a presença de Neymar entre os 11 iniciais não é fácil de se garantir. Mas existe, sim, a possibilidade de a dupla sul-americana começar o jogo. A última vez que isso aconteceu foi no dia 16 de janeiro, pela Copa do Rei, em partida contra o Getafe, quando o brasileiro se machucou.

O brasileiro

Filipe Luís

Osasuna x Atlético de Madrid

Domingo, 17h

Afastado desde o final de janeiro, quando se contundiu no dia 29 em partida contra o Athletic Bilbao pela Copa do Rei, o lateral Filipe Luís está à disposição de Diego Simeone para o jogo com o Osasuna. Principalmente após a entrada criminosa de Emiliano Insúa em Mattia de Sciglio, do Milan, no meio de semana, pela Liga dos Campeões, é bem provável que o técnico argentino tenha sentido ainda mais falta de seu titular na posição. Falando em hipóteses ou não, o retorno de Filipe Luís é bom tanto para o Atleti como para o jogador. Para o clube, porque é reforçado por um jogador que tem atuado muito bem e contribuído significamente para o sucesso na temporada. Para o atleta, porque faltam menos de quatro meses para a Copa do Mundo. Apesar de Maxwell ser a opção preferida de Felipão para a reserva de Marcelo, o jogador do Atlético de Madrid dificilmente dará como perdida a disputa enquanto a temporada estiver em andamento.

O reencontro

Galatasaray x Besiktas

Sábado, 14h (ESPN Brasil)

O jogo entre Galatasaray e Besiktas neste sábado se trata de muito mais que “apenas” uma rivalidade e disputa pela vice-liderança do Turcão. É também o primeiro encontro entre as duas equipes depois daquela senhora confusão armada por Felipe Melo. O Gala venceu aquele jogo por 2 a 1, com gols de Didier Drogba, mas o maior destaque ficou com a invasão catalisada pelo volante brasileiro. Já inflamada, a torcida do Besiktas, mandante naquele encontro de uma torcida só, foi provocada por Felipe Melo e acabou invadindo o campo, interrompendo o jogo antes de seu fim. Que os ânimos desta vez estejam menos exaltados.

O cara

Robert Lewandowski

Hamburgo x Borussia Dortmund

Sábado, 11h30 (ESPN Brasil)

Lewandowski recuperou a boa forma e vem marcando gols importantes (AP Photo/Frank Augstein)

Lewandowski recuperou a boa forma e vem marcando gols importantes (AP Photo/Frank Augstein)

Há até três rodadas, o Borussia Dortmund vivia um momento bastante instável. Entre a 12ª e a 18ª rodada, havia conseguido apenas uma vitória, enquanto as derrotas se repetiram em quatro oportunidades. Parte da má fase era explicada pelo mau momento vivido também por Robert Lewandowski. O matador polonês passou cinco jogos sem marcar, e a seca incomodava. Contra o Braunschweig a vitória retornou, mas nada de gol do camisa 9. Até que, contra o Werder Bremen, enfim o atacante voltou às redes, com dois gols e uma atuação bem satisfatória. No jogo seguinte, contra o Frankfurt, mais um tento. Isso sem mencionar as três assistências nesses últimos três duelos pela Bundesliga. Lewa parece ter voltado de vez. Pena para os aurinegros que ao final da temporada ele partirá para a Allianz Arena. Ainda assim, o Borussia precisa muito de seu atacante até o fim da temporada para alcançar seus objetivos, e ele mostrou que pode, sim, retribuir essa expectativa.

Passe longe

Newcastle x Aston Villa

Domingo, 10h30

Comparada a outras jornadas, esta rodada da Premier League não é lá tão especial, mas nenhum jogo promete ser tão indigno de audiência como o encontro entre Newcastle e Aston Villa. As duas equipes têm elenco para fazer campanhas muito melhores que as atuais. Ainda assim, têm feito uma temporada frustrante, especialmente nas últimas rodadas. O Aston Villa venceu apenas duas de suas últimas 12 partidas, sendo derrotado em sete delas, enquanto o Newcastle, dono da casa neste domingo, desandou principalmente após a saída de Yohan Cabaye, um dos únicos que salvava o time. Já são seis derrotas nos últimos oito jogos e apenas um triunfo conquistado. Um jogo que tem tudo para ser bom apenas como sonífero.