Juanfran e Miranda fecham o espaço de Messi (AP Photo/Paul White)

[Roteiro] A decisão de La Liga incendeia um final de semana de campeões pela Europa e pelas Américas

O final de semana é especial. Afinal, não é sempre que se dá sorte de ter uma verdadeira decisão na última rodada de um campeonato por pontos corridos. Barcelona e Atlético de Madrid fazem seu compromisso final no Camp Nou, em partida que definirá o campeão de La Liga. Os colchoneros até poderiam ter comemorado antes, mas ainda contam com a vantagem do empate, três pontos à frente dos rivais na tabela.

>>> Confira a programação de TV

E as finais também se espalham pela Europa. A Inglaterra vive a expectativa pelo fim do jejum do Arsenal, enquanto a Alemanha contará com seu maior embate, Bayern x Dortmund. Isso sem falar no jogo que pode decretar o rebaixamento do tradicionalíssimo Hamburgo à segunda divisão, algo que nunca aconteceu. Pelas Américas, o ouro também será distribuído na Argentina e no México. Já em outras partes do planeta, um ou dois participantes do Mundial de Clubes de 2014 serão conhecidos. Confira os destaques no Roteiro Trivela:

O jogão

Barcelona x Atlético de Madrid
Sábado, 13h (Sports+)

A grande decisão do Campeonato Espanhol. Não fosse o milagre de Willy Caballero nos acréscimos do jogo contra o Málaga, o Atlético de Madrid já seria campeão espanhol. Os tropeços nas duas rodadas anteriores, porém, o leva ao Camp Nou em uma prova de fogo: terá que segurar ao menos um empate contra o Barcelona para erguer a taça pela primeira vez desde 1996. Os blaugranas vêm em fase apática em suas últimas exibições, mas todo cuidado é pouco para um time estrelado como o que Tata Martino tem em mãos. Ainda assim, o Atleti conhece o caminho do triunfo, depois de ter segurado quatro empates nos cinco duelos entre as duas equipes nesta temporada – e vencido justo o que valeu a classificação às semifinais da Liga dos Campeões.

Spain Soccer Champions League

A boa notícia para o Atlético é o retorno de Diego Costa. O artilheiro da equipe fez falta na última partida, mas poderá ajudar seu ataque com o poder de fogo e a capacidade de romper defesas. Outro nome que deverá ser fundamental no time de Diego Simeone é Koke, o principal passador dos rojiblancos, fundamental nos cruzamentos que tanto causaram problemas ao Barça nesta temporada. Além disso, com o empate sendo suficiente, a defesa liderada por Miranda – e que estará completa desta vez – será fundamental.

Para chegar ao bicampeonato, por suas partes, os catalães confiam em Lionel Messi. Por mais que os números dos últimos meses não sejam tão impressionantes quanto os que já registrou, eles ainda são ótimos. E o craque deverá dar seu máximo para mais um troféu ao currículo. Piqué e Jordi Alba são ótimos reforços à defesa, de volta de lesão. Já Neymar foi liberado pelo departamento médico, mas deve ser banco de Pedro e Alexis Sánchez. Ao menos pelo que fez na Supercopa, dando o título ao Barcelona, pode ser uma boa aposta para a ocasião.

O clássico

Borussia Dortmund x Bayern de Munique
Sábado, 15h (ESPN Brasil e Esporte Interativo)

Germany Soccer Bundesliga

Os dois gigantes alemães fazem o tira-teima definitivo da temporada. Foram três partidas, com duas vitórias de cada lado na Bundesliga, além do título da Supercopa para o Dortmund. E a taça disputada em Berlim vale muito mais pelo simbolismo de se impor sobre o rival do que propriamente pela importância de faturar a Copa da Alemanha. A derrocada do Bayern na temporada tem muita responsabilidade dos aurinegros, que expuseram todas as fragilidades do time de Pep Guardiola em Munique, pelo segundo turno do Alemão, e deram o caminho para que o Real Madrid os eliminasse da Liga dos Campeões. Depois de um bom tempo para achar uma solução, o espanhol tentará dar sua resposta a Jürgen Klopp.

Do lado do Dortmund, quem deverá ser mais visado é Roberto Lewandowski. Afinal, esta é a última partida do centroavante pelo clube que se consagrou, justamente antes de se mudar para a Baviera. O mais credenciado a decidir a parada, no entanto, é Marco Reus, que acabou com os bávaros no último encontro graças à velocidade de seus contra-ataques. Já o Bayern terá que lidar com alguns desfalques, como Bastian Schweinsteiger e Franck Ribéry. Espaço para Mario Götze ser outra vez ser chamado de Judas, assim como para Thomas Müller, que estaria insatisfeito com sua situação no elenco e pode mostrar o quanto é imprescindível.

Fique de olho também

Arsenal x Hull City
Sábado, 13h (ESPN)

A longa espera da torcida do Arsenal finalmente deve se encerrar. O favoritismo dos Gunners é amplo para a final da Copa da Inglaterra, na qual buscam encerrar o jejum de nove anos sem títulos. É só observar o retrospecto nos dois turnos da Premier League: duas vitórias fáceis dos londrinos, por 2 a 0 e 3 a 0. A questão é que, em Wembley, os Tigers devem se entregar ao máximo para conquistar o maior título de sua história. Resta saber se apenas isso será o suficiente para superar o abismo técnico entre as duas equipes. Arsène Wenger tenta se provar outra vez como vencedor sem muitos problemas no elenco. Vai com o time que garantiu o quarto lugar nas últimas rodadas da Premier League, com Lukas Podolski e Aaron Ramsey em boa fase. O Hull, por sua vez, confia no time que escapou por pouco do rebaixamento, mas não poderá contar com o artilheiro Nikica Jelavic.

River Plate x Quilmes
Domingo, 17h30 (Fox Sports)

Argentina Soccer

Dois anos depois de voltar à primeira divisão do Campeonato Argentino, o River Plate está com a taça nas mãos. Precisa de uma vitória simples sobre o Quilmes para se sagrar campeão, ou tropeços de Estudiantes e Gimnasia, os rivais de La Plata que aparecem em sua perseguição. Vida mansa para os Millonarios, que acabaram se sobressaindo em um torneio com muitas reclamações sobre o baixo nível técnico. Pouco importa para Ramón Díaz e seus comandados, que embalaram na competição e não perdem há seis rodadas. O meio-campista Carlos Carbonero é um dos que mais tem se sobressaído, artilheiro do time, respaldado pelos veteranos Fernando Cavenaghi e Teófilo Gutiérrez no ataque.

El Tanque Sisley x Montevideo Wanderers
Domingo, 15h

Time de nome mais simpático das Américas, El Tanque Sisley terá uma ingrata missão no domingo. Tentará colocar água no chope do Montevideo Wanderers, próximo de faturar o Torneio Clausura do Campeonato Uruguaio. Os alvinegros somam 31 pontos, um a mais que o Peñarol, e vêm em fase espetacular, com seis vitórias consecutivas. Se a equipe confirmar a posição, terá o direito de desafiar o Danubio para resolver quem será o campeão uruguaio de 2013/14. Os Bohemios não conquistam o título desde 1931, a última edição do torneio no amadorismo.

Sochaux x Evian
Sábado, 16h

É jogo de rebaixamento da Ligue 1, então não espere muito nível técnico. Ainda assim, vale muito ficar de olho no que acontecerá em Montbéliard, já que os dois times se digladiam para ver quem permanece na elite. Clube com mais participações na primeira divisão francesa, o Sochaux precisa vencer de qualquer maneira. E o time treinado por Hervé Renard vem em fase suficientemente boa para isso, invicto há sete rodada – com quatro vitórias e três empates. Para tanto, aposta em Jordan Ayew no ataque. Já o Evian vem cambaleante, com três derrotas nos últimos quatro jogos, e espera que o goleiro Jesper Hansen segure o rojão.

Holanda x Equador
Sábado, 15h30 (Sportv)

A Copa do Mundo está chegando e algumas seleções não querem perder tempo na preparação. Exemplo de Holanda e Equador, que se antecipam ao recesso e já fazem amistoso neste sábado, em Amsterdã. A equipe de Louis van Gaal aproveitará a ocasião para testa o esquema 5-3-2 planejado pelo comandante. Com um elenco formado basicamente formado por jogadores do futebol local, a Oranje será estrelada por Robin van Persie. Já os equatorianos também contarão com apenas parte de seus protagonistas, entre eles Antonio Valencia. Aos sul-americanos, será bom também ver como se saem longe da altitude de Quito, fundamental para a classificação nas Eliminatórias.

Vale uma zapeada

Greuther Fürth x Hamburgo
Domingo, 12h (ESPN)

Germany Soccer Bundesliga

O Hamburgo é o único time que disputou todas as 51 edições da Bundesliga. Poderá deixar de sê-lo neste domingo. Os dinossauros fazem jogo de vida ou morte contra o Greuther Fürth, terceiro colocado da segunda divisão alemã, para definir sua permanência na elite. No jogo de ida, os dois times não saíram do 0 a 0, o que dá aos visitantes a vantagem do empate com gols. Qualidade individual para isso o Hamburgo tem, com Hakan Çalhanoglu, Rafael van der Vaart e Pierre-Michel Lasogga. O problema maior será a defesa sofrer menos gols do que o ataque faz, capital para a péssima campanha na temporada regular.

O reencontro

Pachuca x León
Domingo, 22h (ESPN Brasil)

O León tenta o bicampeonato mexicano, mas sabe que não será nada fácil. Os esmeraldas voltam a se cruzar com o Pachuca, desta vez na casa dos adversários, precisando da vitória. No jogo de ida, os tuzos arrancaram a vitória no Nou Camp de maneira espetacular, em uma emocionante virada por 3 a 2. Enner Valencia, que comandou a reação ao marcar dois gols, é o nome mais credenciado para levar o clube à conquista. E a torcida visitante também sabe que, se precisar, pode contar com o veteraníssimo goleiro Óscar Pérez, que salvou a pátria em León. Precisará estar atento para barrar Carlos Peña e Mauro Boselli do outro lado.

O cara

Sherman Cárdenas
Junior de Barranquilla x Atlético Nacional
Domingo, 20h30

Colombia Brazil Soccer Copa Libertadores

Não deu para o Atlético Nacional na Libertadores. Os colombianos já sabiam que a vida seria duríssima no Estádio Centenario, onde visitaram o Defensor precisando de uma vitória por dois gols de diferença – ou três, se precisassem de um. Caíram e agora concentram suas forças no Torneio Apertura do Campeonato Colombiano. Os verdolagas tentam a terceira conquista seguida e, para tanto, visitam o Junior em Barranquilla. Dependem bastante dos lampejos de Sherman Cárdenas, o habilidoso meia que garantiu a classificação contra o Atlético Mineiro, mas que acabou anulado pelo Defensor. Mais que o toque de bola do maestro, o Nacional precisa que seu pé volte a ser tão certeiro quanto daquela vez para vencer Victor.

O brasileiro

Kaká
Milan x Sassuolo
Domingo, 15h45

A última vez que o Milan ficou de fora das competições continentais foi em 1998/99. Uma realidade que provavelmente voltará a assombrar os rossoneri na próxima temporada. O time precisa vencer o Sassuolo em San Siro e ainda torcer por tropeços de Torino e Parma para ficar com a vaga na relegada Liga Europa. Kaká, em uma temporada oscilante demais, talvez queira deixar uma boa impressão no fim de seu primeiro ano de volta a Milão. São apenas sete gols em 29 partidas pela equipe, 26 como titular. O meia precisa resolver o jogo também para salvar a pele de Clarence Seedorf, fritado nos bastidores do clube e que já tem sua saída especulada para as próximas semanas.

Passe longe

Auckland City x Amicale
Sábado, 23h

A gente falou na semana passada, mas vai insistir: para que perder a noite de sábado vendo um jogo que você já sabe o final? O “caldeirão” de Vanuatu não foi suficiente para brecar o Auckland City e o Amicale não foi além do empate por 1 a 1 na decisão da Liga dos Campeões da Oceania. Está fácil para os neozelandeses na volta, dependendo de uma vitória simples ou do 0 a 0 para levantar a taça pelo quarto ano consecutivo, assegurando o lugar no Mundial de Clubes que até parece cativo. Outra vez, para dar vexame. Por conta e risco, quem quiser também pode acompanhar o jogo decisivo do Marroquinão no sábado, que pode definir o campeão e, consequentemente, mais um time no Mundial. O Moghreb Tétouan precisa de uma vitória simples sobre o Raja Casablanca para levantar a taça. Os carrascos do Atlético Mineiro estão três pontos atrás na tabela, restando duas rodadas.