Espanha x Itália

[ROTEIRO] Duelos de gigantes e um pouco de política na última data Fifa antes da Copa

O tempo está acabando. Aquele jogador que ainda quer convencer o técnico que merece participar da Copa do Mundo de 2014 tem pouco tempo para mostrar suas habilidades pela seleção do seu país. Noventa minutos, para ser exato. A última data Fifa, os últimos amistosos antes da convocação final, estão concentrados na próxima quarta-feira, ao redor do mundo.

Fora do gramado, também há muito interesse. Os Estados Unidos jogam contra a Ucrânia, no Chipre, porque Kiev não tem condições de segurança para abrigar um jogo, depois de tantos protestos que derrubaram o presidente Viktor Yanukotivch. No contexto da política internacional, o presidente americano Barack Obama reluta em tomar uma posição mais firme sobre a invasão russa na Criméia, península no leste do país europeu e ao norte do Mar Negro. Vale a pena ver como a torcida que viajar para o Chipre vai reagir. E também há o primeiro amistoso oficial do Kosovo.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE TV

Em campo, Espanha e Itália reeditam a final da última Eurocopa, França e Holanda medem forças para descobrir em que nível estão antes do Mundial, a Alemanha tem um confronto muito interessante com o Chile, e o técnico Luiz Felipe Scolari faz os últimos testes na seleção brasileira contra a África do Sul.

O jogão

Espanha x Itália
Quarta-feira, 18h (Esporte Interativo e SporTV)

O que atrapalha os amistosos da seleção espanhola é a completa falta de interesse com a qual os jogadores costumam entrar em campo. Isso sem contar alguns caça-níquel, como contra Guiné Equatorial. A partida desta quarta-feira deve ser diferente. É o adversário de maior renome que a atual campeã do mundo enfrenta em um jogo que não vale nada desde o Uruguai, em fevereiro. O Vicente Calderón ainda vai estar fervendo para conferir a primeira participação de Diego Costa com a camisa vermelha. Do outro lado, a boa Itália de Cesare Prandelli busca se vingar, depois da goleada que sofreu na final da Eurocopa. São cinco títulos mundiais em campo. Mario Balotelli e Daniele de Rossi não estarão presentes, mas a Espanha vem completa, com Xavi, Iniesta, David Silva e companhia.

Fique de olho

Alemanha x Chile
Quarta-feira, 16h45 (Esporte Interativo, ESPN+ e Watch ESPN)

Joachim Löw tem problemas com lesões para lidar (Foto: AP)

Joachim Löw tem problemas com lesões para lidar (Foto: AP)

A Alemanha é uma das favoritas para a Copa do Mundo de 2014 e vai enfrentar um Chile que pinta como uma das possíveis surpresas. O time de Jorge Sampaoli deu azar no sorteio e caiu no grupo de Espanha e Holanda. Tem a chance de mostrar que seu jogo fluído pode enfrentar as seleções gigantes. Joachim Löw tem os retornos de Bastian Schweinsteiger e Miroslav Klose, mas as lesões ainda preocupam. Muitos jogadores importantes tiveram problemas físicos recentemente, então o treinador alemão também aproveita para fazer testes. Pierre-Michel Lasogga, do Hamburgo, Matthias Ginter, do Freiburg, Shkodran Mustafi, da Sampdoria, e Andre Hahn, do Augsburg, são os novos rostos dos tricampeões.

França x Holanda
Quarta-feira, 17h (Esporte Interativo e SporTV, como VT, às 20h15 e às 20h30, respectivamente)

Vale a pena ficar de olho em dois franceses que vão enfrentar a Holanda. O primeiro deles é Antoine Griezmann, destaque da Real Sociedad. O meia-atacante foi suspenso da seleção até o fim de 2013 por ter ido para a balada antes de uma partida pela Eurocopa sub-21. A estreia dele está marcada e levanta comparações com Franck Ribéry, que também fez seu primeiro jogo pela campeã mundial de 1998 pouco antes da Copa de 2006. No ataque, estará Karim Benzema, no ápice da sua forma. Marcou 11 vezes nos últimos 13 jogos pelo Real Madrid. A Holanda perdeu Rafael Van der Vaart virou desfalque de última hora. Wesley Sneijder e Arjen Robben, porém, estarão à disposição de Louis van Gaal.

Inglaterra x Dinamarca
Quarta-feira, 17h (ESPN e Watch ESPN)

Steven Gerrard é o capitão de Roy Hodgson (Foto: AP)

Steven Gerrard é o capitão de Roy Hodgson (Foto: AP)

Uma rivalidade antiga será reativada. A seleção inglesa venceu a Dinamarca em duas finais olímpicas no início do século, em 1908 e 1912. As duas seleções costumam se enfrentar bastante em amistosos. Foram três, nos últimos 11 anos. Empataram por 0 a 0 na Eurocopa de 1992, mas o último jogo oficial foi na Copa do Mundo de 2002. A Inglaterra venceu por 3 a 0. A novidade do time capitaneado por Steven Gerrard, em boa forma pelo Liverpool, será Luke Shaw, lateral de apenas 18 anos do Southampton.

Kosovo x Haiti
Quarta-feira, 11h (sem transmissão para o Brasil)

Mais de seis anos depois de se separar da Sérvia, Kosovo vai jogar seu primeiro amistoso sancionado pela Fifa. Com algumas restrições. Não poderá tocar o hino nacional, nem ostentar símbolos nacionais ou bandeiras na partida contra o Haiti. Jogadores importantes de origem kosovar, como os suíços Xherdan Shaqiri, Valon Behrami e Granit Xhaka nem foram chamados, para não terem que ficar na posição desconfortável de recusar. Adnan Januzaj, do Manchester United, foi convocado, mas não quis jogar. Por outro lado, o jovem Bersant Celina, do Manchester City, com apenas 17 anos, estará em campo na partida que pode não ser a mais interessante tecnicamente, mas carrega muito simbolismo.

O reencontro

Romênia x Argentina
Quarta-feira, 16h (SporTV2, ESPN Brasil e Watch ESPN)

Foi na Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos. A seleção romena surpreendeu nas oitavas de final quando, liderada por Hagi, eliminou a Argentina, com o placar de 3 a 2. A Romênia perderia da Suécia, nas quartas, mas entrou para a história e nos corações dos apaixonados por futebol alternativo. Será o primeiro encontro entre os dois times desde aquela tarde em Pasadena. Atualmente, a Romênia não tem mais essa força, mas foi segunda colocada do grupo da Holanda nas Eliminatórias Europeias. Perdeu apenas um dos últimos oito jogos em casa e não está na Copa do Mundo porque ficou pelo caminho depois de perder na repescagem para a Grécia. Lionel Messi estará em campo na tentativa de vingança da Argentina que, 20 anos depois, será muito menos saborosa do que poderia ser.

O brasileiro

África do Sul x Brasil
Quarta-feira, 14h (Globo e SporTV)

Luiz Felipe Scolari

O grupo de Luiz Felipe Scolari está praticamente fechado e dificilmente ele vai concluir alguma coisa por causa de um amistoso contra a África do Sul, mas certamente as últimas atuações dos jogadores antes da convocação final serão levadas em conta. Os principais pleiteantes são o meia Fernandinho, do Manchester City, e o lateral direito Rafinha, do Bayern de Munique. O Brasil retorna para Joanesburgo, onde venceu o Chile, nas oitavas de final da última Copa do Mundo, antes de ser eliminado pela Holanda, em Port Elizabeth. Fred está de volta à seleção brasileira para mostrar que Felipão acerta ao apostar em um time com centroavante.

O craque

Portugal x Camarões
Quarta-feira, 17h45 (SporTV2, ESPN Brasil e Watch ESPN)

Cristiano Ronaldo, do Real Madrid (AP Photo/Andres Kudacki)

Cristiano Ronaldo, do Real Madrid (AP Photo/Andres Kudacki)

Depois de classificar a seleção portuguesa, o próximo desafio de Cristiano Ronaldo pelo time nacional será esse amistoso contra Camarões. O atacante do Real Madrid fez todos os gols da vitória por 3 a 2 sobre a Suécia, na repescagem, e mais 23 pelo clube espanhol em La Liga. Marcou três vezes nos últimos dois jogos e vem mantendo a forma que lhe rendeu a Bola de Ouro de melhor jogador do mundo, em janeiro. Também um craque, mas em momento muito diferente, Samuel Eto’o estará do outro lado do gramado, liderando Camarões.

Vale uma zapeada

Bélgica x Costa do Marfim
Quarta-feira, 16h45 (Watch ESPN)

São duas potenciais surpresas na Copa do Mundo de 2014 jogando entre elas. A Bélgica, time com ótimos jogadores, terá Eden Hazard por apenas 30 minutos contra uma Costa do Marfim que também vai usar esses 90 minutos como os últimos testes. O técnico francês Sabri Lamouch convocou 27 jogadores para o confronto. São dois times interessantes, com bons jogadores ofensivos e, no caso dos africanos, uma defesa nem tanto confiável. Pode se tornar um confronto movimentado e gostoso de assistir.

Passe longe

Burundi x Ruanda
Quarta-feira, 10h30 (sem transmissão para o Brasil)

Com praticamente todas as seleções jogando no mesmo dia, não fica muito difícil encontrar um jogo ruim. O difícil foi escolher apenas um. E por mais que eu pense, fica difícil encontrar algum atrativo nesse encontro. Pelo ranking da Fifa, o Burundi, 124ª colocada, é um pouquinho melhor que Ruanda, 134ª colocada. Não é exatamente um confronto de titãs.