raja

[Roteiro] Há muito mais futebol pelo mundo neste final de semana do que só a decisão da Champions

O assunto do final de semana é a decisão da Liga dos Campeões, certo? As atenções estarão voltadas para o jogão que acontece no Estádio da Luz. No entanto, há muito mais no planeta bola do que o mero jogão entre Atlético e Real Madrid. Por isso mesmo, preparamos um Roteiro Trivela especial neste final de semana, com as melhores alternativas além da Champions. E olha que tem muita coisa interessante: campeões na América Latina, clássicos no Leste Europeu, acesso nas grandes ligas da Europa, vaga no Mundial de Clubes e mais. Confira:

>>> Confira a Programação de TV do final de semana

Vai dar vaga no Mundial de Clubes

Olympic Safi x Raja Casablanca
Domingo, 13h

Depois do sucesso que fez na última temporada, o Raja Casablanca está pronto para voltar ao Mundial de Clubes. As Águias corriam sérios riscos de perder o Campeonato Marroquino no último domingo para o Maghreb Tétouan, mas não deram chance à concorrência no confronto direto da penúltima rodada: golearam por 5 a 0, assumiram a liderança e agora só precisam de uma vitória simples para assegurar o bicampeonato. O Olympic Safi, no meio da tabela, não é dos adversários mais temíveis. E o baixinho Mohsine Moutouali, que acabou com o jogo contra o Atlético Mineiro no Mundial de 2013, segue como referência do time. O Tétouan, que segue com esperanças, precisa vencer o Renaissance de Berkane e torcer para um tropeço do Raja. Ainda assim, tudo indica para a enorme festa em Casablanca.

A Superfinal da Argentina que não é tão super

river

San Lorenzo x River Plate
Sábado, 21h15 (Fox Sports)

Sim, será um jogaço. O San Lorenzo não foi bem no Torneio Final, mas é semifinalista da Libertadores e possui uma ótima equipe, com vários talentos. Já o River Plate vem embalado pelo ótimo final de temporada e se sagrou campeão no último domingo, com uma goleada impressionante sobre o Quilmes. O problema é que a Superfinal do Campeonato Argentino foi uma ideia fadada ao fracasso, já que sequer irá ser mantida com a nova fórmula do certame a partir de 2015. Os dois clubes já se consideram vencedores e a taça a mais que será disputada terá o peso de uma supercopa – ou seja, quase nenhum. Ao menos não há concorrência de datas como na Superfinal de 2013, e os dois times irão com suas equipes principais.

O verdadeiro jogo emocionante no Argentinão

Colón x Atlético Rafaela
Sábado, 14h

Se você quiser mesmo um jogo que promete ser tenso no Campeonato Argentino, deverá ficar de olho neste aqui. Enquanto Argentinos Juniors e All Boys já foram rebaixados, Colón e Atlético Rafaela têm a última chance de se salvarem da degola. E, por mais que o Colón tenha liderado boa parte do torneio final, o promedio não perdoa: ambos terminaram empatados na tabela acumulada e terão que fazer uma partida de desempate. A decisão acontece em jogo único, no Gigante de Arroyito, e promete ser uma enorme batalha. Também vale ficar de olho na Segunda Divisão Argentina, que segue nas fases decisivas, após Banfield e Defensa y Justicia já se garantirem na elite. Instituto, Huracán, Independiente e Atlético Tucumán estão na briga.

Um campeão diferente no Uruguai

monte

Danubio x Wanderers
Domingo, 16h

Nada de Peñarol ou Nacional. Pela segunda vez na história do Campeonato Uruguaio, a primeira desde 1908 e do início da era profissional (em 1932), nenhum dos dois gigantes ficará entre os dois primeiros colocados. O ano de redenção dos pequenos, que também conta com o Defensor na semifinal da Libertadores, teve o Danubio campeão do Apertura e o Montevidéu Wanderers faturando o Clausura. Agora, os dois decidirão quem será mesmo o dono do país em 2013/14, em jogo único no Estádio Centenario. O jejum do Danubio dura sete anos, enquanto os bohemios não levantam a taça da competição desde 1931.

Uma nova hegemonia se estabelece na Venezuela

Mineros x Zamora
Domingo, 17h30

O Campeonato Venezuelano é um dos mais diversos do mundo em sua tábua de campeões. Desde a primeira edição do torneio, em 1921, 33 clubes já ficaram com a taça. E o Zamora, que conquistou a façanha inédita em 2012/13, está muito próximo do bicampeonato. Vencedor do Clausura, o time pega o Mineros, campeão do Apertura, na finalíssima da liga nacional. E no jogo de ida o Zamora conquistou ótima margem, goleando em casa por 4 a 1. Na visita a Puerto Ordaz, pode perder por até dois gols de diferença que já comemora.

A taça do Bolivianão deverá ir para Sucre

Sport Boys x Universitario
Domingo, 16h15

Altitude não é garantia de sucesso no Campeonato Boliviano. Prova disso é que, apesar das grandes campanhas na Libertadores de 2014, Bolívar e Strongest não ficarão com a taça. Na última rodada do torneio, o Universitario de Sucre (“apenas” 2.800 m de altitude) só não sairá campeão do Torneio Clausura se não quiser. Precisa de apenas um empate contra o Sport Boys, nono colocado – que, por enquanto, não vai contar com Evo Morales. San José é o mais próximo, três pontos atrás, mas com vantagem no saldo de gols em caso de empate no topo da tabela. Se botar a faixa no peito, o Universitario levará apenas seu segundo título nacional – o primeiro foi em 2008.

Falta chão, mas o Libertad se encaminha para o título

Cerro Porteño x Libertad
Domingo, 19h30

A bola da vez no Paraguai é o Nacional, semifinalista da Libertadores. Entretanto, o Trico está longe de brigar pelo título no Apertura. A liderança isolada é do Libertad, que abriu nove pontos de vantagem para o Guarani, segundo colocado, restando sete rodadas para o fim da liga. Para seguir caminhando a passos largos rumo ao seu 17º título nacional, os alvinegros terão um grande desafio contra o Cerro Porteño, que ocupa a sexta colocação. Para quem poderia ter ido mais longe na Libertadores, agora o Ciclón que estragar a festa dos outros.

O último integrante da Premier League 2014/15

qpr

Derby County x Queens Park Rangers         
Sábado, 11h (ESPN Brasil)

Leicester City e Burnley já confirmaram seus lugares na próxima edição da Premier League. Já a decisão para definir quem será o terceiro clube a subir acontece neste sábado, em Wembley. O Derby County conta com a tradição de quem já foi bicampeão inglês, além de ter feito uma campanha bem mais consistente na fase de classificação. O Queens Park Rangers, porém, participou da elite há menos tempo e possui o dinheiro de Tony Fernandes para bancá-lo – com direito a figurinhas carimbadas, como Robert Green, Joey Barton e Bobby Zamora. Duelo entre Steve McClaren e Harry Redknapp, os veteranos que comandam a dupla. Nos dias seguintes, também acontecem os jogos que decidem os últimos acessos na League One (Leyton Orient x Rotherham United) e na League Two (Fletwood Town x Burton Albion).

Mais um que pode subir no Italianão

Cittadella x Empoli
Domingo, 15h30

O Palermo nadou de braçada nesta Serie B. Comandados por Abel Hernández, os rosaneri foram os primeiros a conquistarem o acesso à primeira divisão e até já se sagraram campeões. Já o próximo que pode assegurar a vaga direta é o Empoli. Com uma vitória sobre o Cittadella no domingo e um tropeço do Cesena, os Azzurri confirmam o retorno à elite após seis anos. E confiam nos veteraníssimos Massimo Maccarone e Francesco Tavano, os principais artilheiros, para carimbar o acesso. Já na briga pela terceira vaga, que conta com um playoff, ainda estão vivos Cesena, Latina, Modena, Crotone, Siena, Spezia, Virtus Lanciano, Bari, Trapani, Avellino e Carpi – seis deles se classificam.

A volta de uma camisa pesada na Espanha

Numancia x Deportivo
Domingo, 15h

O Deportivo de La Coruña vive entre o céu e o inferno nas últimas temporadas. Entre 2011 e 2013, o clube caiu e subiu em La Liga, antes de voltar à segundona no ano passado. E os alviazuis estão muito próximos de retornar à elite, tentando acabar de vez com essa gangorra. O time lidera com folgas a Liga Adelante e visita o Numancia neste domingo, praticamente confirmando a conquista com uma vitória. Germán Lux e Carlos Marchena estão entre os veteranos que participam da epopeia do Depor. Quem também tem tudo para subir é o Eibar, que nunca esteve na primeira divisão do Espanhol. Já a briga pela terceira vaga deve ficar entre Las Palmas, Murcia, Sporting de Gijón, Córdoba, Recreativo, Sabadell, Tenerife e Alcorcón – quatro deles passam aos playoffs.

A tradição da Alemanha Oriental sob ameaça

Hertha Berlim II x Lokomotive Leipzig
Sábado, 8h30

Um jogo da Regionalliga Nordost, a quarta divisão do Campeonato Alemão, para ficar de olho. Afinal, um dos clubes mais tradicionais da Alemanha Oriental corre o risco de voltar à última divisão do futebol local, longe dos tempos em que era bancado pelo regime comunista. O Lokomotive é o penúltimo na tabela e precisa vencer o segundo time do Hertha, na visita a Berlim. A sorte do clube de Leipzig é que os adversários da capital também correm riscos e uma vitória simples já é o suficiente para a salvação. E mais doloroso para os defensores das tradições é que o RB Leipzig, time da Red Bull na cidade, acabou de conquistar o acesso à segundona e parece cada vez mais pronto para chegar à Bundesliga.

A estrela poderá voltar a brilhar na Sérvia

Torcida do Estrela Vermelha durante Dérbi de Belgrado (AP Photo/Darko Vojinovic)

Estrela Vermelha x OFK Belgrado
Domingo, 12h

Primeiramente, um clássico entre criador e criatura. O Estrela Vermelha se originou de uma dissidência do OFK Belgrado, depois que alguns jogadores mais nacionalistas não concordarem com um amistoso contra o Hajduk Split, no território inimigo do Império Austro-Húngaro, ainda na década de 1910. A rivalidade entre os dois clubes não é tão grande quanto o ódio que os vermelhos têm do Partizan, mas é representativa. E os anfitriões deverão vir com a faca entre os dentes, justamente para conquistar o Campeonato Sérvio com uma rodada de antecedência. O Estrela está três pontos à frente do Partizan, atual hexacampeão nacional e que, se conseguir uma reviravolta no placar, também ultrapassa os arqui-inimigos como maiores vencedores da história do país. Vale muito para os alvirrubros, que precisam de uma vitória e de um tropeço dos alvinegros para não prorrogar a definição por mais uma semana.

O campeão adormecido pode voltar

Diósgyõr x Ujpest
Domingo, 14h

O Ujpest é um dos maiores clubes da Hungria. Possui 20 títulos do Campeonato Húngaro, 12 da Copa e a honra de ter contado com alguns dos maiores mitos do futebol local, como Béla Guttmann. O problema é que a derrocada do regime comunista trouxe graves problemas financeiros aos violetas, que viram as taças minguarem. Mas que, neste domingo, podem relembrar o passado na decisão da Magyar Kupa. O adversário será o Diósgyõr, quinto colocado no Campeonato Húngaro (o Ujpest é o 12º) e, pela fase, favorito na final. Entretanto, sem o mesmo peso da camisa alvirroxa, há 12 anos sem conquistar um título, o que pode fazer muita diferença no Estádio Ferenc Puskás, em Budapeste.

A Polônia pode ter um bicampeão

Legia Varsóvia x Ruch Chorzow
Domingo, 10h30

O Legia Varsóvia se estabeleceu como uma das maiores potências da Polônia pós-comunismo. De seus nove títulos nacionais, cinco vieram nas últimas duas décadas. E o sexto tem tudo para ser confirmado neste final de semana. Os alviverdes podem ser campeões no sábado, caso o Lech Poznan tropece, ou no domingo, quando recebem o Ruch Chorzow pela antepenúltima rodada do Polonesão. Poderá ser o primeiro título de Henning Berg, ex-zagueiro do Manchester United e da Noruega, como treinador. Se sair mesmo, prepare-se para imagens incríveis das arquibancadas de Varsóvia, com o costumeiro espetáculo das torcidas polonesas.

A seleção sub-21 estreia em Toulon

brasil

Brasil x Colômbia
Sábado, 13h (ESPN)

O Torneio de Toulon é um dos mais tradicionais do futebol de base. E a seleção brasileira fará sua segunda partida neste sábado, após vencer a Coreia do Sul por 2 a 0 na estreia. O time de Alexandre Gallo enfrenta a Colômbia, em uma das primeiras etapas da preparação da geração que poderá disputar os Jogos Olímpicos de 2016. Um desafio importante, já que muitos desse grupo fracassaram na tentativa de classificar o país para o Mundial Sub-20 de 2013. Entre os jogadores mais tarimbados do elenco estão o Marquinhos, Lucas Piazon, Dória, Leandro, Lucas Silva, Ademílson e Luan – a maioria deles desfalcando os clubes do Brasileirão.

A resposta do cara de fora da Copa

Los Angeles Galaxy x Philadelphia Union
Domingo, 21h

Jürgen Klinsmann causou surpresa ao deixar Landon Donovan de fora da Copa do Mundo. A maior estrela do futebol dos Estados Unidos na última década, com três Mundiais no currículo, terá que ver aos jogos do US Team de casa. O mau início do atacante na Major League Soccer 2014 foi uma das respostas do alemão para prescindir do talento do veterano. E Donovan terá a chance de provar o contrário a Klinsmann já neste domingo. O Los Angeles Galaxy não está bem na tabela, mas pega o Philadelphia Union, ainda pior. O astro, que não marcou nenhum gol em seus sete primeiros jogos no campeonato, tem a chance de desencantar.

Um novo Al Ahly que quer dominar a África

Al Ahly de Bengazi x Espérance
Sábado, 15h

Bicampeão da Liga dos Campeões da África, o Al Ahly está fora da disputa desta vez. Os egípcios caíram nas preliminares do torneio e terão que se contentar com a Copa das Confederações Africanas – o segundo torneio do continente. No entanto, há um homônimo mantendo a honra do nome nesta edição. O Al Ahly de Bengazi tenta conquistar sua primeira vitória no torneio e mostrar a força do futebol da Líbia, que começa a se reconstruir após a guerra civil que culminou na queda do ditador Muammar Gaddafi. Porém, do outro lado o Espérance possui muito mais tradição na LC da África, campeão pela última vez em 2011.

Um reencontro cheio de tensões

Mazembe x Vita Club
Domingo, 10h

As duas maiores potências do Linafoot, o Campeonato da República Democrática do Congo, se enfrentam pela Liga dos Campeões da África. E a rivalidade do clássico nacional gera temores sobre o que poderá acontecer nas arquibancadas do estádio em Lubumbashi, casa do Mazembe. No último duelo, que valeu o pentacampeonato nacional para o Mazembe, 15 torcedores do Vita morreram no estádio, pisoteados – começaram a arremessar pedras em campo, mas a reação violenta da polícia causou tumulto. A Confederação Africana de Futebol, que condenou o episódio ocorrido há duas semanas, deve redobrar a atenção para que novos tumultos (e tragédias) não aconteçam.