Será o fim de uma era? O irlandês Roy Keane, “dono”do meio-campo do Manchester United desde 1003 e símbolo maior da fase áurea da equipe declarou hoje ao site do clube que deve deixar Old Trafford ao final da temporada.

Keane, de 34 anos, tem contrato até o meio de 2006, mas esperava-se que renovasse por pelo menos mais um ano. O jogador diz que é hora de mudar, e que não está apenas tentando forçar o United a lhe oferecer um contrato logo. “Quero jogar por mais um ou dois anos, mas não acho que isso vai acontecer no Manchester United”, declarou o jogador, que também afastou a possibilidade de jogar por outro clube inglês.

Segundo a imprensa britânica, o destino do meia pode ser o Celtic, clube pelo qual Keane já teria dito que gostaria de jogar.

O destino do United sem Keane, no entanto, pode não ser tão claro. Há anos sir Alex Ferguson busca o jogador certo para substituí-lo, mas Djemba-Djemba, Kleberson e outros mostraram-se aquém da tarefa. Ultimamente, o papel tem cabido a Alan Smith, originalmente um atacante.