Cafu foi submetido nesta quinta a uma artroscopia. José Luiz Runco, médico da Seleção responsável pela cirurgia, afirmou que Cafu estará de volta aos treinos de 30 a 40 dias, e “em condições para disputar a Copa’.

A cirurgia, realizada no Hospital Pasteur, no Rio de Janeiro, durou 29 minutos e foi acompanhada por Massimiliano Sala, médico do Milan. “Correu tudo bem, dentro da normalidade, com a constatação vantajosa, como comprovou o médico do Milan, de que o Cafu tem articulações de um jovem. A recuperação acontecerá em 30 a 40 dias”, afirmou Runco.

O médico da Seleção garantiu que Cafu estará em plenas condições para jogar o Mundial. “A artroscopia é um procedimento comum e não vai atrapalhar em nada a participação do Cafu na Copa. Ele estará em condições, inclusive, de disputar as rodadas finais do Campeonato Italiano”, assegurou.

Cafu havia sofrido uma lesão no menisco durante um treinamento do Milan. O lateral-direito aproveitou para também fazer uma cirurgia no septo nasal e retirou as amígdalas. Runco comentou sobre o início do processo de recuperação do jogador. “O Cafu vai ficar no Rio até terça, quando será examinado pelo doutor Augusto César. Até lá, ele inicia o trabalho de fisioterapia com o Odir de Souza, fisioterapeuta da Seleção. A partir de terça, prossegue o trabalho com o fisioterapeuta Luís Alberto Rosan, em São Paulo”.

*foto: Agência CBF