O Liverpool caminhava para um fim de jogo muito parecido com outros nesta temporada, em que possuía uma vantagem que não inspirava nenhuma confiança de que o resultado final seria uma vitória vermelha. Sadio Mané havia aberto o placar contra o Stoke City, aos 17 minutos do primeiro tempo, e Mignolet nem estava sendo muito ameaçado. Mas a defesa dos Reds é sempre uma potencial fonte de emoção. No meio da etapa final, Mohamed Salah saiu do banco de reservas para facilitar a vida do seu time, com mais dois gols que decretaram o placar final: 3 a 0.

LEIA MAIS: Brilho de Salah, gol de Willian: Liverpool e Chelsea não fizeram o suficiente para vencerem

Salah está naquela fase em que tudo dá certo. No fim de semana, ficou com a bola cara a cara com Courtois para fazer o único gol do Liverpool no empate por 1 a 1 contra o Chelsea. Nesta quarta-feira, em uma úmida e fria noite em Stoke-on-Trent, completou de primeira uma linda jogada de Mané pela ponta direita e aproveitou a bobeada de Pieters para sair livre contra Grant.

São 12 gols em 14 partidas para o atacante egípcio, que só não deixou sua marca em cinco rodadas da Premier League até aqui. O Liverpool, que o poupou junto com Coutinho, que estava no banco, mas sequer entrou em campo, passou seu primeiro jogo fora de casa na liga inglesa sem levar gol e ultrapassou o Tottenham na tabela. Está em quinto lugar.

.