A tão aguardada reestreia de Kaká não terminou como era esperado pelo São Paulo. No Serra Dourada, o Tricolor desperdiçou seu bom início de jogo, deu brechas pelo alto e acabou derrotado por 2 a 1. No entanto, não houve espaço apenas para lamentação entre os são-paulinos. O camisa 8 foi o autor do gol de seu time e, com uma ótima apresentação, deu aos torcedores a impressão de que sua passagem já com dias contados pelo clube do Morumbi pode ter algum impacto positivo nesta segunda metade de temporada.

Os primeiros 20 minutos da volta de Kaká ao São Paulo foram empoglantes. O jogador de 32 anos demonstrou ótima movimentação no campo de ataque e, tanto pela esquerda quanto pela direita, participou das principais chances do Tricolor no bom início de partida. Porém, a incapacidade do time de transformar isso em gol acabou custando caro quando o Goiás conseguiu equilibrar o jogo.

VEJA TAMBÉM: Cruzeirenses deveriam ser levados mais a sério no projeto futuro da Seleção

Com um gol no final do primeiro tempo e outro no início da segunda etapa, o Esmeraldino abriu vantagem de 2 a 0 e segurou a vitória quando o São Paulo resolveu acordar novamente para o jogo. Mesmo com menor intensidade que nos primeiros minutos do jogo, Kaká foi novamente o principal nome do Tricolor quando a equipe avançou no campo e foi atrás do resultado. O próprio camisa 8 fez o gol que diminuiu a derrota, mas não houve tempo para o empate, e a boa reestreia do ídolo são-paulino acabou mesmo manchada com um revés.

O momento do São Paulo, como equipe, não é bom. Já são duas derrotas seguidas, para Chapecoense e agora Goiás, em dois duelos teoricamente mais fáceis que a média do campeonato. No entanto, o nível de envolvimento de Kaká com o jogo ofensivo são-paulino ajuda os torcedores a terem esperança de que a recuperação possa vir nas próximas rodadas. Há alguns problemas defensivos a serem acertados, mas lá na frente o meio-campista demonstrou sua capacidade de ser a grande liderança técnica e de experiência. Mesmo tantos anos após seu ápice, Kaká ainda está acima da média do futebol brasileiro e pode brilhar, ainda que por poucos meses.

Confira o gol de Kaká contra o Goiás: