Não é inédita, mas a postura adotada pelo elenco do Norwich City após a derrota para o Swansea ainda assim foi louvável. Para demonstrar sua apreciação pelo apoio dado pela torcida, que viajou mais de 984 quilômetros para ver o time ser derrotado pelos galeses por 3 a 0 na última rodada da Premier League, os jogadores dos canários decidiram se juntar para reembolsar os torcedores presentes no Liberty Stadium. A atitude serve também como um pedido de desculpas pela má atuação.

O valor “devolvido” pelo time será o dos ingressos (£ 20 para adultos e £ 10 para crianças), sem cobrir a viagem, claro, mas a simbologia certamente vale mais que o dinheiro nesse caso. O capitão do Norwich, Russell Martin, em declaração publicada no site oficial do clube, explicou porque decidiram retribuir o apoio dos fãs.

“Todos sentimos muito pelos torcedores ao final do jogo de sábado, com maior parte deles tendo que enfrentar uma viagem de seis horas de volta. Espero que isso os ajude com o custo da viagem para o nosso próximo jogo como visitantes, contra o Fulham (em Londres)”, contou Martin.

De qualquer modo, se você fosse perguntar a cada uma das 899 pessoas que viajaram para o País de Gales para acompanhar o clube, é bem provável que elas preferissem seis vitórias nas seis partidas seguintes pelo Campeonato Inglês, já que o Norwich não está assim tão confortável na tabela. No 15º lugar da competição, o time está apenas seis pontos à frente da primeira equipe na zona de rebaixamento, o Cardiff. Já que não dá para garantir algo desse tipo, um dinheirinho ajuda, não é mesmo?