Em uma rodada de confrontos diretos entre os times da ponta, o Manchester United não poderia desperdiçar pontos, mesmo jogando fora de casa. E, contra o Aston Villa, cumpriu sua função e, sem dificuldades, volta para Manchester com os três pontos. Após as duas derrotas seguidas em Old Trafford e a consequente desconfiança na equipe, o resultado de 3 a 0 é exatamente aquilo de que precisava o United no momento. Os dois gols de Danny Welbeck no jogo também servem para dar tranquilidade ao torcedor, preocupado com a ausência de Robin van Persie por um mês.

O duelo com o Aston Villa não chegou a ser exatamente um teste para o time de David Moyes. Os anfitriões foram muito mal, não ameaçaram a vitória do United em um momento sequer e ainda facilitaram bastante a vida dos jogadores ofensivos do time de Manchester, especialmente pelo lado esquerdo de sua defesa.

Antonio Luna e Nathan Baker pareciam ter entrado em campo apenas para consagrar Rafael, Antonio Valencia e Welbeck. Foi no flanco esquerdo da zaga do time de Birmingham que nasceram todos os gols dos Red Devils na partida. O equatoriano, em especial, foi o principal criador de chances de gol do Manchester, dando as assistências para os dois gols de Welbeck. Rafael apoiava bem também, e Cleverley, caindo um pouco para o lado direito, também conseguiu deixar o seu.

Embora do outro lado estivesse uma equipe que não ofereceu nenhum desafio, há de se destacar a boa movimentação ofensiva do United. Não foi nada de espetacular, mas, considerando que era isso que havia faltado nas derrotas para Everton e Newcastle em Old Trafford, nas duas rodadas anteriores, já houve um claro avanço. Como na semana que vem os comandados de David Moyes encaram em casa o West Ham, que não vence há três rodadas, e na seguinte o Hull, que tem o mesmo desempenho recente dos Hammers, este momento pode ser mais uma oportunidade de arrancada para os atuais campeões ingleses. E com o final da primeira metade da temporada se aproximando, já não há mais tempo para perder chances como essa se o time quiser brigar por uma vaga na Liga dos Campeões.