Brazil Soccer WCup Germany Portugal

A Seleção Fuleco da primeira rodada da Copa, onde só pereba tem lugar

A primeira rodada da Copa acabou e aqui vai a seleção dos mais perebas do futebol europeu – contando, claro, aqueles que lá atuam. O que o seguidor Adam Weber lá do Twitter batizou muito bem de a SELEÇÃO FULECO. Obviamente, os jogadores da Espanha não fazem parte, pois seria uma injustiça muito grande com os demais.

Com a graça e benção de Carles Puyol:

Akinfeev

Espalmou 19 bolas pra frente até um Coreano marcar. Como ninguém quis, ele resolveu espalmar pra trás. Um sujeito de foco.

Daniel Alves

O novo corte de cabelo é pra quem tinha dúvida que ele é um novo Abel Xavier. O azar do Brasil é não ter mais jogando se naturalizando português.

Pepe

Não há menor dúvida que ele é um estudo científico de quanta burrice o ser humano é capaz. E já foi provado que um camundongo recusando queijo após o terceiro choque é mais esperto.

Paletta

Parece que a qualquer momento sairá de campo e colocar uma camisa de voluntário, que é o que ele parece. E um daqueles voluntários que não sabe responder uma única pergunta.

Fábio Coentrão

É a quintessência da ruindade, é como um Michel Salgado com dois pés esquerdos, é como Fanta Uva cinco dias aberta fora da geladeira. Pelo visto está fora da Copa lesionado, o que é um fio de esperança ao escrete portuga.

Muntari

As seleções da África são o Bené e Zé Pequeno do futebol. Das mais ingênuas, viraram as que mais batem até na mãe. E há indícios de que Muntari não saiba a diferença entre uma bola, uma melancia e um bloco de concreto – a melancia come com casca.

Paulinho

Muito inconstante, tem tido apenas 15 minutos de bons momentos desde que foi desenvolver na Europa: aqueles quinze que separam o primeiro do segundo tempo.

Kone

A Grécia é uma ruindade tão coletiva que passa desapercebido uma ruindade individual. Estamos aqui na humilde confessando que foi escolhido randomicamente pelo nome, mas ser substituido por um cara de 52 anos também colaborou com a decisão.

Moses

É com sobras o jogador mais varzeano do mundo. Ele pega a bola e sai correndo não importa o lugar. Seria um jogador interessante, se o campo não tinha tivesse linhas e nem gol.

Welbeck

Negueba com menos eficiência, porque a essa altura Negueba já teria feito um gol espírita pra enganar geral.

Dzeko

Não teve um ataque da Bósnia que não tenha atrapalhado. Com a versão original dele, o Finazzi, a Argentina entraria em apuros.