Neste final de semana, o glorioso Olympiacos sagrou-se tetracampeão grego, cinco rodadas antes do fim, o seu 16˚ título nos últimos 18 anos. O que nos faz MEDITAR novamente de quanto as ligas europeias são pródigas em ter seus troféus nas mãos de dois ou três. Eu sei o que alguns estão pensando: “Campeonato equilibrado não significa qualidade”. E eu sei disso porque é a maneira simplória de desqualificar o Brasileirão, que teve seis campeões diferentes apenas na época dos pontos corridos – voltando mais dez anos, são outros cinco times. E se o nível técnico é objeto de debate, uma ideia que não há como argumentar contra é a de que GANHAR É BOM.

Como advertido em nosso MANIFESTO, futebol sem chance de vitória é churrascada na boca de sem dentes. Assim sendo, acionamos nosso Departamento de Pesquisas Ociosas, e o que segue abaixo é não uma DISCUSSÃO, mas números puro e simples. Veja aí:

Espanholão
Últimos 30 anos
Barcelona e Real Madrid: 26
Outros: 4 (última vez em 2004) 
Inglesão

Últimos 22 anos (era Premier League)
Manchester United, Chelsea, Arsenal: 20
Outros: 2 (tirando o M.City, o último foi o Blackburn em 1995)

Italianão (o vulgo Apostão)

Últimos 20 anos
Juventus, Inter, Milan: 17
Outros: 2 (última vez em 2001)
* Em 2005, um asterisco foi o campeão nacional.

Portuguesão
Últimos 30 anos

Benfica e Porto: 27
Outros: 3 (última vez em 2002)

Chucrutão

Desde a criação da Bundesliga (1964)
Mais títulos: Bayern de Munique: 22
2˚ lugar: Borussia Dortmund: 5
A última vez que o Bayern ficou TRÊS míseros anos na fila: 91 a 93

Holandesão

Últimos 20 anos
Ajax e PSV: 17
Outros: 3

Escocesão

Últimos 31 anos
Celtic e Rangers: 30
Outros: 1 (última vez em 85, o Aberdeen de Alex Ferguson)

Ucranianão

Últimos 20 anos
Dynamo Kiev e Shakhtar Donetsk: 20
Outros: non eczistem

Turcão

Últimos 30 anos
Galatasaray, Fenerbahçe, Besiktas: 28
Outros: 2

Gregão

Últimos 20 anos
Olympiacos: 16
Panathinaikos: 4
Outros-aikos: 0

Lista de outras ligas mais PERIFÉRICAS:

Servião: Partizan atual HEXA

Croatão: Dínamo Zagreb atual OCTO

Bielorussão: Bate Barisov atual ENEA (nove vezes)

MOLDAVIÃO: Sheriff Tiraspol venceu DOZE nos últimos 13

Noruegão: Rosenborg venceu TREZE entre 92-04 (mas está numa inacreditável seca de três anos. Tem que pichar o muro)

Nem onde futebol é hobby de fim de semana a coisa equilibra:

Gibraltar: o promissor Lincoln FC está prestes a se sagrar DODECACAMPEÃO

A exceção que confirma a regra:

Francesão: 6 campeões diferentes nos últimos 6 anos (o que ajuda na tese de que equilíbrio não significa qualidade, já que é o campeonato europeu equivalente a um citadino do ABC paulista).  

CONCLUSÃO NÃO-OFICIAL DE TUDO ISSO

Seriam as ligas europeias tipo os nossos Estaduais?

Gauchão

Últimos 30 anos
Grêmio e Inter: 28
Outros: 2

FÓM.