O Atlético de Madrid acabou derrotado em casa no jogo de ida das quartas de final da Copa do Rei. Diante do Sevilla, os Colchoneros abriram o placar, mas acabaram tomando o 2 a 1 e deram a primeira vitória do técnico Vincenzo Montella no comando do Sevilla. Com contra-ataques, os visitantes conseguiram sair do estádio Wanda Metropolitano com uma vitória importante para seguir adiante na competição.

LEIA TAMBÉM: Quer fazer turismo de futebol na Europa? As dicas de quem já foi e até escreveu um livro com isso

Todos os gols vieram no segundo tempo. Pressionando o Sevilla no campo de ataque, o Atlético de Madrid criava chances atrás de chances em busca de abrir o placar. Foi um bombardeio, até que Diego Costa aproveitou rebote de cobrança de falta e finalizou de pé esquerdo, aos 28 minutos.

Só que a última partida do jogo teve tudo a favor do Sevilla. Primeiro, aos 35 minutos, veio um cruzamento despretensioso – e errado – de Jesus Navas, mas o goleiro Moyá falhou e a bola entrou direto. Foi o gol de empate. E oito minutos depois, aos 43, veio o segundo: Godín chutou para frente, Bem Yeder tocou de cabeça para Joaquín Correa, mais rápido que Savic, para tocar para o fundo da rede: 2 a 1.

Montella estreou tomando um 5 a 3 do Betis, em casa. Depois, perdeu por 1 a 0 para o Alavés. Estava difícil para o treinador, que veio para substituir Eduardo Berizzo. Desta vez, veio a vitória. E com estilo. Virar sobre o atual segundo colocado da liga espanhola e uma das equipes mais fortes do país nunca é fácil.

No jogo de volta, no Estádio Ramón Sánchez PIzjuán, o Sevilla poderá só empatar em casa para seguir na disputa da Copa do Rei. O atlético de Madrid terá que se desgastar mais para ficar com a vaga, vencendo fora de casa.