O Sevilla ganhou do Betis por 1 a 0, em um derby que chamou a atenção mais pelas jogadas violentas do que pelo futebol. Foram distribuídos ao todo 11 cartões amarelos e dois vermelhos durante a partida.

Logo aos 24 minutos de jogo, o Sevilla ficou com um jogador a menos, depois que Javi Navarro foi expulso. O primeiro tempo foi duro e viu mais dois amarelos para jogadores do Sevilla (Luís Fabiano e Ocio) e três para o Betis (Capi, Arzu e Varela).

Aos 5 minutos da segunda etapa, saiu o único gol do jogo, marcado por Maresca, de pênalti. O próprio jogador acabaria expulso meia hora depois, após levar dois cartões amarelos. Com dois homens a mais em campo, o Betis, que se mostrou apático durante a maior parte do tempo, finalmente acordou e pressionou o adversário nos últimos minutos. Mas aí já era tarde, e o Sevilla conseguiu segurar a vitória.

Com a derrota, o Betis segue na zona de rebaixamento, e ainda pode perder o 18º lugar para o Alavés, no domingo. Já o Sevilla sobe para a sexta posição, com 19 pontos.