A era iniciada por Pep Guardiola e de certa forma estendida por Tito Vilanova está definitivamente acabada. Esqueça aquele Barcelona que encantou principalmente entre 2008 e 2011, porque aquele time não existe mais, e a prova final disso é a escalação dos melhores da temporada de La Liga, divulgada nesta segunda-feira. Com sete jogadores do campeão Atlético de Madrid, um do Sevilla, outro do Real Madrid e até mesmo dois do Athletic Bilbao, a equipe do ano no Campeonato Espanhol não tem nem mesmo Lionel Messi.

>>> A saída de Tata Martino foi a consumação de um fato que parecia inescapável

O pior de tudo é que, mesmo levando em conta o fato de que um gol a mais do Barça no Camp Nou, contra o Atlético, daria aos blaugranas o título do torneio e, consequentemente, tornaria essa escalação diferente para quem a elabora, a verdade é que os catalães realmente não mereceram emplacar nenhum nome nessa lista.

Escalação oficial dos melhores jogadores de La Liga nesta temporada

Escalação oficial dos melhores jogadores de La Liga nesta temporada

Mesmo que você discorde de um outro nome colocado ali, não dá para negar que todos os escolhidos tiveram uma grande temporada. Thibaut Courtois poderia ser justamente apontado como o melhor goleiro do mundo no momento, imagine do Espanholão? A defesa, com a base formada por três jogadores do Atleti, tem apenas um nome que pode causar mais controversa. Haverá muita gente dizendo que Miranda foi melhor que Aymeric Laporte. Mas não dá para negar que o garoto do Athletic Bilbao fez uma temporada incrível. Está aí um nome do qual o Barça deverá ir para cima com tudo no mercado de transferências.

Ander Iturraspe, incluído na pré-lista de convocação de Vicente del Bosque, também se destacou, e por isso pode ir à Copa do Mundo. Para um volante que atuou em 33 partidas no campeonato, errar apenas duas jogadas que acabaram em gols de adversários é um ótimo número. Outro que merece uma menção especial aqui no post é Iván Rakitic, que foi o principal jogador de um Sevilla que surpreendeu, quase foi à Liga dos Campeões e terminou com o título da Liga Europa. No ataque, tecer qualquer comentário sobre Diego Costa e Cristiano Ronaldo, os melhores jogadores da temporada espanhola, seria redundante.

A aposentadoria de Carles Puyol, a saída de Victor Valdés e a queda de rendimento natural de Xavi, além da própria chegada de Tata Martino no início da temporada, já eram ótimos indícios do fim de uma era. Como os jornais espanhóis já têm indicado há vários meses, isso está bem entendido dentro do Barça, e uma reformulação grande no elenco vem por aí. Essa escalação de La Liga foi apenas a prova derradeira de que está na hora de se desenhar uma nova equipe. O maior desafio será conseguir fazer isso mantendo-se competitivo, com concorrentes como os rivais de Madri tão fortes no momento. Boa sorte ao próximo técnico blaugrana.