Álvaro Magalhães pediu demissão do cargo de treinador da Naval nesta terça. De acordo com um comunicado no site oficial da equipe, o comando da equipe será exercido por Fernando Mira de forma interina.

Magalhães chegou à equipe em dezembro, em substituição ao demitido Manuel Cajuda. De lá para cá, conquistou três vitórias, um empate e seis derrotas. A Naval ocupa a 17ª colocação no campeonato português, com 21 pontos, e está ameaçada pelo rebaixamento.