A Juventus entrou em campo contra o Sassuolo com um peso. O peso de uma eliminada precoce na Liga dos Campeões, algo que certamente o time não esperava, depois de chegar às quartas de final na temporada passada. De volta à Serie A, o foco foi total e o time de Antonio Conte não vacilou. Tevez marcou três vezes e os biaconeri golearam por 4 a 1. Tarde demais para a Liga dos Campeões, mas em tempo para se consolidar como o favorito que é ao scudetto.

Com os três gols que marcou, Tevez chegou a 11 na temporada, sendo 10 deles no Campeonato italiano. Ao lado de Arturo Vidal, é o artilheiro do time. Entre todos os jogadores, tevez é quem mais chuta a gol, em média: 4,2 chutes por jogo. Também é quem mais dá passes para o companheiro, com 2,2 por partida. É o jogador que mais recebe faltas (1,8 por jogo). Ele tem sido fundamental para o time, ainda que tenha deixado a desejar na competição europeia.

Considerando que a final da Liga Europa será no estádio da Juventus, essa pode ser uma excelente oportunidade para ganhar um título continental em casa. Além disso, ajudaria a Itália a melhorar o desempenho recente em competições europeias, que é pífio. Com Juventus e Napoli na Liga Europa – além de Fiorentina e Lazio, outros dois times vivos -, os italianos têm chance de uma boa campanha. A Juventus, o mais forte deles, tem completas condições de ganhar a Liga Europa. É claramente um time de Liga dos Campeões. O histórico mostra que os times italianos não costumam levar muito a sério a competição.

Enquanto isso, em território doméstico, a vitória por goleada deixa a Juventus em uma situação confortável na Serie A, com 43 pontos em 16 jogos. Não é pouco. Antes desta temporada, só duas vezes um time tinha atingido esse número de pontos depois de 16 jogos. A primeira vez em 1949 (44 pontos) e a segunda em 2005/06 (43), marca da própria Juve, que acabaria perdendo o título daquela temporada pelo envolvimento no Calciopoli. A Roma, que só joga nesta segunda com o Milan, com 37. A favorita é mais favorita do que nunca a mais um título italiano.