O Estudiantes conseguiu uma vitória heróica em sua segunda partida na Libertadores. Nesta terça, o time argentino estava perdendo por 3 a 0 do Sporting Cristal em casa, mas conseguiu virar e sair com um triunfo por 4 a 3. Ainda ontem, em outro confronto repleto de gols, o Tigres derrotou o Deportivo Cali por 5 a 4 e o Newell’s Old Boys derrotou o Union Española por 2 a 0.

Em La Plata, quem dominou a primeira etapa foi o Sporting Cristal. O time peruano saiu na frente aos 16 minutos. Nuñez tocou a bola com a mão dentro da área. Jorge Soto cobrou o pênalti e converteu. Prado, com um chute cruzado aos 32, e novamente Jorge Soto, aos 38, ampliaram o placar.

Na volta do intervalo, o time da casa reagiu logo aos nove minutos. Calderón fez o primeiro de pênalti. Ele mesmo marcou o segundo aos 20. Empurrado pela torcida, o Estudiantes empatou aos 32 com Pavone e virou aos 44 com Lugüercio. Foi a primeira vitória do time nesta edição da Libertadores, o que valeu o terceiro lugar no grupo 2 com três pontos. O Sporting Cristal é o lanterna, sem nenhum.

Pelo grupo 4, o mesmo do Corinthians, o Tigres venceu o Deportivo Cali em uma partida emocionante. Com 15 minutos de jogo, o time colombiano já havia marcado dois gols. Os donos da casa buscaram o empate, mas os visitantes ficaram na frente de novo com um gol de Júlio César. Tudo isso ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Deportivo Cali adotou uma postura mais defensiva, na tentativa de segurar a vitória. Porém, a tática não deu certo. O Tigres pressionou e, com dois gols de Gaitán e outro de Morales, virou o placar. Domínguez fez o quarto do clube da Colômbia aos 44, mas era tarde para impedir a segunda derrota da equipe na competição.

O Newell’s Old Boys se recuperou de derrota para The Strongest na estréia do grupo 3 a o superar o Union Española por 2 a 0. Scocco foi o destaque da equipe argentina ao marcar os dois gols do jogo. O time chileno segue sem pontos, pois também perdeu para o Goiás em seu primeiro jogo.