A torcida da Roma pegou no pé da equipe durante o treinamento de hoje, em Trigoria. Cerca de 200 pessoas protestaram contra a má fase da equipe. O protesto se tornou mais agressivo quando Mancini apareceu.

O brasileiro foi hostilizado quando saiu do seu carro. Os torcedores começaram a xingá-lo, causando um tumulto. Os policiais presentes no local pediram ao jogador que entrasse no veículo novamente e saísse dali. Mexès e De Rossi também sofreram com a fúria da torcida. Apenas Totti e Cufre receberam aplausos.

No último domingo, a Roma perdeu para o Empoli por 1 a 0 fora de casa. Com a derrota, a equipe ocupa a 14ª posição, com oito pontos ganhos em sete rodadas.