Atlanta United e Toronto FC disputaram um jogo cheio de expectativas neste domingo, na última rodada da temporada regular da MLS. Demolindo recordes, o clube da Geórgia mais uma vez superou o maior público da história da liga. Quase 72 mil pessoas assistiram à partida no Estádio Mercedes-Benz, casa do Atlanta Falcons na NFL. E o duelo entre duas potenciais forças dos playoffs terminou movimentado. Terceiro colocado, o Atlanta de Tata Martino esteve por duas vezes em vantagem, mas cedeu o empate por 2 a 2 ao Toronto. Sebastian Giovinco, mais uma vez, foi o personagem da noite.

Depois que Yamil Asad abriu o placar para o Atlanta, o Toronto buscou seu primeiro empate aos 15 do segundo tempo. E uma cena curiosa aconteceu quando Jozy Altidore comemorava. Um torcedor mais exaltado atirou um copo de cerveja contra o atacante adversário, que provocava com as mãos na orelha. Foi quando Giovinco entrou em ação. Pegou o copo e deu um gole no resto da bebida. Pois o aditivo parece ter feito bem à Formiga Atômica. Depois que Josef Martínez recolocou os anfitriões em vantagem, o italiano fechou a conta aos 38 do segundo tempo, com um golaço de falta. É um cara que dá cores diferentes à MLS, seja pelo que faz em campo ou por suas atitudes.