O Newcastle vive momentos de incerteza. Não é só a permanência na Premier League que está em xeque nesta reta final de temporada, com o time de Rafa Benítez no meio do bolo daqueles que lutam pela sobrevivência. É o próprio futuro dos Magpies que possui uma névoa densa ao seu redor, diante da falta de perspectivas na direção do clube. Dono dos alvinegros, Mike Ashley possui uma longa lista de desserviços prestados em St. James’ Park. Nos últimos tempos, indicou sua intenção de largar o osso e vender suas ações. Mas não sem antes deixar um cenário de terra arrasada, ao não apoiar a comissão técnica no mercado de transferências. E isso gerou reação nas arquibancadas.

VEJA TAMBÉM: O Newcastle é colocado à venda e a torcida solta rojões com a notícia, após uma década de frustração

Ao longo dos últimos anos, a torcida do Newcastle se engajou bastante nas críticas a Ashley. Não ficaria calada desta vez. Na rodada do dia do fechamento da janela, os torcedores levantaram diversas faixas com uma forte mensagem, sob um fundo negro produzido por mosaico. Pegaram uma frase de Kevin Keegan, ídolo como jogador e como técnico dos Magpies, para rebater os desmandos do presidente. Em sua segunda passagem no comando da equipe, Keegan saiu justamente por se desentender com o mandatário.

“Nunca desista do seu clube. Continue apoiando. É o seu clube e, confie em mim, um dia você o terá de volta, será tudo como você gostaria que fosse. O Newcastle é maior que qualquer um. Machuca, eu sei, mas apenas continue. Ele é apenas um, nós somos uma cidade, uma população inteira. Confie em mim”, escreveram. Os alvinegros empataram com o Burnley por 1 a 1 nesta quarta e ocupam o 14° lugar, um ponto acima da zona de rebaixamento.

Respaldado para conquistar o acesso de volta à Premier League, Rafa Benítez cumpriu a missão com êxito, mas não conta com o apoio que esperava na elite. O Newcastle gastou £40 milhões na janela de agosto, o sétimo clube que menos investiu no início da temporada. Já no atual mercado, os Magpies não desembolsaram um tostão sequer em compras, contentando-se com três jogadores vindos por empréstimo: o atacante Islam Slimani, lateral / meia Kenedy e o goleiro Martin Dubravka. Em comparação com outros concorrentes, que se movimentaram bem mais, o cenário é preocupante.