Os mosaicos são uma das formas mais espetaculares de demonstrar o amor por um clube nas arquibancadas . E, quando alguém ganha uma homenagem especial justo em uma coreografia, é possível perceber o tamanho da paixão desta pessoa pelo time. Neste final de semana, na derrota por 1 a 0 para o FSV Frankfurt, a torcida do Nürnberg prestou tributo a um companheiro falecido.  A forma como ele era querido no estádio e como devia se importar com a equipe.

Adi tinha 23 anos e morreu no dia 8 de junho, durante a intertemporada. Além do desenho do torcedor e do setor negro das arquibancadas, as faixas que o homenageavam diziam: “Quando você for consolado, será feliz por ter me conhecido. Você sempre será meu amigo. Você se lembrará como sorria ao meu lado”. Difícil imaginar um tributo melhor do que esse.

2