O último dia da janela de transferências tem uma cobertura extensa na Inglaterra. O principal canal de televisão a acompanhar os detalhes finais do mercado é a Sky Sports, principal detentora dos direitos da Premier League. Todos os clubes contam com um repórter exclusivo em suas sedes, em um evento cheio de especulações e com grandes audiências, que ocupa a grade toda do canal no dia.

>>> Audiência conta, mas sucesso da Premier League tem a ver com divisão da cota de TV
>>> Torcida do Crystal Palace dá clima sul-americano à Premier League

Nem todos, porém, gostam da espetacularização feita com a data. Não é incomum ver alguns torcedores mais exaltados xingando os repórteres. Nesta segunda, um jornalista em sua árdua jornada de trabalho teve um vibrador esfregado no rosto. Ainda assim, existem aqueles que aproveitam a oportunidade para um protesto bem mais contundente.

A ação foi organizada pelos torcedores do Crystal Palace. Descontentes com a pasteurização que o futebol inglês passa desde 1992, os londrinos se reuniram para expulsar os repórteres da sede do clube. Com sinalizadores, a torcida exibiu a faixa: “Sky Sports, matando o nosso jogo desde 1992”. Para se ter acesso aos jogos televisionados na Inglaterra, apenas pegando pelos canais fechados. Nada que torne o protesto surpreendente, por mais que o excesso de força ajude a deslegitimar as reivindicações.