O Tottenham tornou-se o primeiro clube inglês a lançar uma campanha contra cantos homofóbicos de sua torcida. A medida foi tomada duas semanas depois de os torcedores entoarem canções ofensivas a Sol Campbell.

“Temos consciência da grande quantidade de cânticos homofóbicas durante as partidas. Colocamos uma aviso em nossas programações dos jogos para lembrar aos torcedores que este tipo de abuso não será tolerado. Comentamos sobre esse assunto com a Premier League e esperamos que outros clubes façam o mesmo”, disse Peter Secchi, porta-voz dos Spurs.

Richard Caborn, ministro dos esportes, elogiou a iniciativa do clube. “Parabenizo o Tottenham por ter dado este passo positivo. Esta é uma mensagem significativa aos torcedores de que cânticos abusivos sobre raça, cor, credo e sexualidade não serão tolerados”, disse.