O Tottenham conseguiu uma boa vitória jogando em casa contra o Huddersfield, neste sábado, em Wembley, por 2 a 0. O grande destaque foi o sul-coreano Son, que marcou os dois gols do jogo, em um duelo que o time da casa controlou do início ao fim e nunca correu riscos. A vitória vem antes do jogo contra a Juventus, pela Champions League, que será no mesmo local, depois do empate na Itália.

LEIA TAMBÉM: Nem grande atuação de Pickford impediu primeira vitória do Burnley em 11 jogos

O jogo era importante porque o Tottenham precisa pontuar para entrar no grupo dos quatro primeiros colocados. E como o Chelsea tem um jogo difícil contra o Manchester City, não tropeçar contra um time como o Huddersfield podia ter um grande impacto. E desde o começo, o Tottenham fez o que se esperava dele e partiu para cima, conseguindo criar chances consecutivas perto do gol.

O primeiro gol saiu aos 27 minutos do primeiro tempo. Um contra-ataque perfeito: de Dele Alli para Kane, que devolveu para Ali lançar Son, nas costas da defesa, livre, driblar o goleiro e chutar para o gol. A rapidez do time do Tottenham na jogada impressionou. O time já tinha passado perto de marcar em chances anteriores e finalmente quebrava a trava da defesa do Huddersfield.

O segundo gol veio no início do segundo tempo. Desta vez, Kane recebeu pela direita e fez um cruzamento longo, a meia altura, e Son completou com um peixinho que tirou do goleiro e balançou as redes de Wembley: 2 a 0.

A situação era tão tranquila que o esperado era que o Tottenham aumentasse o marcador, tal o domínio do jogo. Criou chances para isso, com a entrada de Erik Lamela e Lucas Moura no segundo tempo. Os sul-americanos mantiveram a velocidade do time e criaram mais chances, mas o time não marcou. A vitória ficou mesmo em 2 a 0.

O Tottenham chega a 58 pontos e coloca mais pressão no Chelsea. Se os azuis de Londres não vencerem, terminaram a rodada fora dos quatro primeiros colocados.