O cargo de Giovanni Trapattoni está por um fio. Erwin Staudt, presidente do Stuttgart, deu um ultimato hoje ao treinador. Em curtas palavras, ele disse “esperar por resultados nas próximas três semanas”.

No último fim de semana, o time empatou por 1 a 1 com o Borussia Monchengladbach, pela nona rodada da Bundesliga. Com o resultado, o Stuttgart está na nona posição, com 11 pontos. O treinador foi bastante sincero com relação ao desempenho do clube na partida. “Foi a pior performance desde que cheguei aqui”.

O presidente quer uma mudança logo. “Nas próximas três semanas, devemos estudar algumas coisas. Levará tempo para formar uma nova equipe, mas temos objetivos determinados para esta temporada. Não podemos esperar três anos para atingi-los. É necessário mudar a organização, caso contrário não vale a pena continuar. Minha paciência tem limites”, disparou.

Herbert Briem, diretor-esportivo do clube, apoiou a decisão. “Devemos refletir com o técnico qual seria a melhor idéia para evitar tantas mudanças no time titular”, disse, referindo-se a uma das principais críticas dirigidas a Trapattoni.