Três jogadores do St.-Truiden foram detidos nesta quinta sob a acusação de envolvimento no escândalo de manipulação de resultados. Cyril Ramond, Marco Nijs e Ilija Stolika estavam treinando quando a polícia chegou ao clube.

Segundo um porta-voz da procuradoria federal belga, os jogadores serão ouvidos pela polícia. Além disso, as casas deles passarão por uma revista por parte das autoridades. O futebol belga viu o crescimento das suspeitas de um grande esquema de fabricação de resultados na Jupiler League.

Diversas partidas teriam sido manipuladas para favorecer uma máfia de apostas em sites da internet. Jogadores e treinadores de pelo menos cinco equipes estariam envolvidos no escândalo.