A janela de transferências fechou no dia 31 de agosto e a Premier League planeja colocar em pauta uma ideia que tem muitos adeptos: fechar a janela antes do início da temporada. A liga inglesa começou no dia 11 de agosto, tendo, portanto, 20 dias até o fechamento da janela. Um tempo que muitos clubes acham longo demais e, por isso, novas medidas serão discutidas. E ganharam um apoio importante: do presidente da Uefa, Aleksander Ceferin.

LEIA TAMBÉM: Mercado: 13 clubes da Europa que passam longe dos holofotes, mas fizeram uma janela interessante

Segundo a Sky Sports informou no dia 16 de agosto, a maioria dos clubes é a favor da medida. O temor, porém, é que outros países mantenham a janela na mesma data, o que faria os ingleses correrem risco de perderem jogadores quando a sua janela já estiver fechada – algo que acontece no Brasil, por exemplo. Mesmo assim, os clubes ingleses acreditam que vale o risco, especialmente porque no momento são os mais ricos do continente europeu.

Consultando sobre o assunto pelo jornal The Times, o presidente da Uefa argumentou em favor da ideia. “Estou ciente que há sérias discussões ao redor da Europa sobre o encurtamento da janela de transferências de verão [de julho a agosto] e nós estamos acompanhando de perto”, disse.

“Na minha visão, não é bom quando um jogador atua por um time quando a liga começa e depois por outro quando a janela fecha. Há uma certa incerteza por um tempo longo. Por isso, eu diria que a janela talvez seja longa demais e eu apoiaria que fosse menor”, escreveu o dirigente.

Os clubes que apoiam esta ideia esperam conseguir os 14 votos necessários entre os 20 representantes dos clubes da Premier League para que a proposta seja aceita. Se a Premier League fizer a mudança, é bem provável que a Football League (que dirige da segunda à quarta divisão) também siga esse caminho.

Shaun Harvey, executivo chefe da Football League, já mostrou que os clubes estão dispostos a fazer a mudança. “Uma coisa que os clubes membros disseram é que eles querem estabilidade em termos dos jogadores que estão disponíveis para eles no início da temporada”, afirmou o dirigente.

“Fechar a janela de transferências antes da temporada começar sempre foi algo apoiado pelos nossos clubes. Faria sentido ter as datas alinhadas com a Premier League e quaisquer consequências precisam ser bem pensadas. Esta está na nossa pauta para a reunião com os clubes no dia 21 e setembro”, disse ainda Harvey.

Muitos acreditam que é preciso que a janela seja mais curta e, por isso, discussões como essa na Premier League devem acontecer também em outros países. A medida, se aprovada na Inglaterra, pode criar um efeito dominó em outras ligas para acompanharem, ainda mais se a Uefa apoiar a medida.