Um dos ícones do futebol europeu dos anos 1990 está pedindo ajuda. Christian Vieri, atacante que ganhou notoriedade passando por clubes como Juventus, Atlético de Madrid, Lazio e Internazionale, disse que está falido e que tentará a carreira de treinador para conseguir ganhar algum dinheiro. Mas como um jogador que era astro no seu país, com altos salários, jogador de seleção italiana na Copa do Mundo, chegou à situação de não ter mais dinheiro?

Depois de se aposentar, em 2009, Vieri passou à carreira de jogador de pôquer. Era um vício nas concentrações desde o tempo de jogador e ele achou que esse seria um bom caminho na aposentadoria. Não deu certo. O ex-jogador italiano então entrou na carreira de empresário.

Junto com a sua mãe, Vieri investiu em uma empresa chamada BFC, tornando-se sócio. A empresa abriu falência, com uma dívida de € 14 milhões, o que o levou a ser interrogado pela polícia. Livre de qualquer acusação, mas quebrado financeiramente, Vieri anunciou no Twitter que tentará a carreira de treinador para se sustentar.

Atualmente, Vieri participa de programas na televisão italiana, onde também é comentarista esportivo. No Twitter, o ex-jogador afirmou que irá fazer o curso necessário para ser treinador. “Oficial: farei o curso de treinador”, escreveu. “Ainda que o curso não sirva para porra nenhuma, mas farei mesmo assim”.

É, começou na carreira nova como era na antiga de jogador: indisciplinado e falastrão. Confira alguns dos 239 gols que Vieri marcou na carreira: